Moraes multa Telegram em R$ 1,2 milhão por não bloquear conta de Nikolas Ferreira

Ministro Alexandre de Moraes

Nesta quarta-feira, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), multou o Telegram em R$ 1,2 milhão. A medida foi em resposta ao Telegram não ter atendido à ordem de suspensão do canal do deputado federal Nikolas Ferreira (PL-MG) de sua plataforma.

Ordem de suspensão ao canal de Nikolas Ferreira

O mensageiro Telegram havia recebido ordens do ministro Alexandre de Moraes para suspender o canal do deputado Nikolas Ferreira na plataforma. A “justificativa era a de que o deputado estaria fazendo apologia” aos atos bolsonaristas realizados nos edifícios dos três poderes em Brasília.

No entanto, o mensageiro enviou uma resposta ao ministro onde declarava que não iria bloquear a conta do deputado e pedia que Alexandre de Moraes reconsiderasse sua posição. O Telegram também fez duras críticas à Alexandre de Moraes, afirmando que a ordem de bloquear a conta de Nikolas Ferreira seria um ato de censura.

Telegram acusa a medida de Moraes de censura

A empresa também afirmou que “tal medida impede um espaço de livre comunicação para discursos legítimos e reprime o direito dos cidadãos brasileiros à liberdade de expressão”. Apesar de no passado o Telegram ter jurado apoio às medidas repressivas de Alexandre de Moraes, parece que dessa vez não estão dispostos a colaborar com a censura.

Até agora o Telegram não se pronunciou sobre a multa aplicada por Moraes.

Rumble ainda ignora as ordens de Moraes

Assim como o Telegram, a plataforma de videos Rumble também desobedeceu as ordens de Moraes. A plataforma havia recebido ordens do ministro para suspender o canal Monark Talks, do influencer Monark.

No entanto, ela não cumpriu com a solicitação e também não deu nenhuma resposta à Alexandre de Moraes até agora. Também não se sabe se Moraes também pretende aplicar uma multa assim como no caso do Telegram ou qualquer outra sanção.

Quer se proteger da censura do governo? Então leia nossa série completa sobre anonimato, privacidade e segurança virtual e saiba como. Basta clicar aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Elon Musk Senado
Direito

Após críticas a Moraes e Lula, Elon Musk é convidado a falar em comissão do Senado

Após uma série de críticas dirigidas ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Elon Musk, dono do X (antigo Twitter) foi convidado a participar de uma audiência pública na Comissão de Segurança do Senado. O convite foi aprovado em sessão realizada na terça-feira […]

Leia Mais
Elon Musk e Alexandre de Moraes
Direito

PF quer convocar representantes do X após críticas de Elon Musk a Moraes e Lula

Após críticas de Elon Musk a Lula e Alexandre de Moraes, a Polícia Federal (PF) quer convocar representantes do X (antigo Twitter) para prestar esclarecimentos sobre as ações do bilionário na plataforma. Investigadores afirmam que os depoimentos não têm data prevista. A medida é uma das estratégias da investigação da Polícia Federal, que apura se […]

Leia Mais
Neto de Lula
Direito

Neto de Lula desafia críticos a provarem que seu avô é ladrão

Em um vídeo no Instagram publicado no dia 1° de abril (conhecido como Dia da Mentira), o neto do presidente Lula, Thiago Trindade, fez um desafio aos críticos do petista: provar que seu avô é ladrão. “Fica o meu desafio a essas pessoas que acham que podem ficar fazendo o Brasil de refém com ameaças. […]

Leia Mais