segunda-feira, outubro 3, 2022

Mundo cripto: Prova de Trabalho e Prova de Participação explicadas

Saiba tudo sobre os dois mecanismos de consenso mais importantes Proof Of Work (prova de trabalho ou pow) e Proof Of Stakeprova (prova de participação ou pos) neste artigo.

Introdução

Proof-of-Work e Proof-of-Stake são dois mecanismos diferentes que são usados para validar criptomoedas. Ambos são componentes integrais da tecnologia blockchain e segurança porque, de diferentes maneiras, ajudam a garantir que os usuários sejam honestos com as transações incentivando bons agentes e tornando-o muito difícil e caro para os maus agentes. Dessa forma, esses mecanismos de consenso reduzem as chances de fraude, como o gasto duplo.

Blockchains descentralizadas como Bitcoin ou Ethereum exigem que os computadores “provem” sua presença na rede para validar transações e PoW e PoS são os mecanismos de consenso mais proeminentes e os principais componentes da tecnologia blockchain e como ela funciona. As diferenças significativas entre eles são suas taxas de transação, eficiência e velocidade.

O CEO e co-fundador da Mudrex, Edul Patel, delineou a diferença entre os dois mecanismos dizendo: “A PoW usa um método de validação competitiva para confirmar transações. O PoS usa mineradores selecionados aleatoriamente para confirmar e adicionar novos blocos ao blockchain”

Prova de trabalho

Na prova de trabalho quando as transações são adicionadas a uma determinada rede blockchain, outros computadores dentro da rede devem validá-las e aprová-las antes que novos blocos sejam criados e inseridos na blockchain. Ele requer um computador para resolver quebra-cabeças criptográficos, colocando-o  para ‘trabalhar’ e o  recompensando pela capacidade de verificar as transações no blockchain. É chamada de mineração de criptomoedas, que é semelhante a uma competição. A prova de trabalho fornece uma forma de os blocos permanecerem “sem confiança”. Isso significa que nenhum terceiro é necessário para verificar ou gerenciar as transações.

Prova de participação

A prova de participação conta com validadores que possuem as moedas associadas à blockchain. Com o PoS, um validador é escolhido aleatoriamente com base em parte em quantas moedas eles bloquearam na rede, que também é conhecida como Staking. A staking substitui a mineração como o mecanismo de consenso em uma blockchain de prova de participação. Uma participação é uma quantidade fixa de fundos que são comprometidos com uma blockchain por um validador, a fim de participar na criação e atestado de blocos.

Prova de trabalho vs prova de participação

Na prova de trabalho, as transações de criptomoedas são verificadas através da mineração. Na prova de participação, os validadores são escolhidos com base em um conjunto de regras, dependendo da “participação” que eles têm na blockchain. Em ambos os casos, a criptomoeda foi projetada para ser descentralizada e distribuída, o que significa que as transações são visíveis e verificadas por computadores em todo o mundo.

A função de ambos os mecanismos é validar transações. A prova de trabalho permite o acordo sobre qual bloco adicionar, exigindo que os participantes da rede expenem grandes quantidades de recursos computacionais na geração de novos blocos válidos. A prova de participação, por outro lado, usa menos energia em comparação com a prova de trabalho, mas faz o mesmo trabalho porque foi criada como uma alternativa. No entanto, a Prova de participação exige que os participantes apostem na criptomoeda na forma de garantia para adicionar um novo bloco na blockchain do livro digital.

O processo de mineração no consenso prova de trabalho é intensivo em energia, pois requer muita eletricidade e outros recursos para verificar transações, criar novos tokens e adicionar novos blocos à rede. No que diz respeito à prova de participação, Amit Nayak, que é o CEO e co-fundador da Sahicoin, disse: “O mecanismo PoS alcança o mesmo com menos recursos e menos complexidade. Ao contrário do PoW, os participantes apostam uma certa quantidade de criptomoedas e são selecionados aleatoriamente para validar transações no sistema PoS.”

Prós da prova de trabalho

A prova de trabalho é uma maneira mais descentralizada de validar transações em um blockchain porque requer mais computadores e participantes em toda a rede para revisar e aprovar transações. Para muitos puristas e entusiastas de criptomoedas, quanto mais descentralizado melhor.

Outros benefícios incluem:

  • A intenção de parar as tentativas de gastos duplos.
  • É um dos mecanismos de consenso mais seguro.
  • As criptomoedas baseadas em prova de trabalho têm maior poder de mineração.
  • Tem uma habilidade melhor de ser descentralizado.

Contras da prova de trabalho

A prova de trabalho requer uma quantidade significativa de energia para verificar transações. Como os computadores da rede devem gastar muita energia e operar muito, o blockchain é considerado menos ecológico do que outros sistemas por aqueles mais preocupados com o questões ambientais.

No entanto, segundo estudos, bancos gastam mais energia que a mineração de criptomoedas, o que torna esta atividade superior a atividade bancária também neste quesito.

Alguns outros contras incluem:

  • Sua mineração requer hardware extremamente poderoso.
  • Não é acessível para todos os participantes do mercado.
  • O consumo de energia devido à participação extremamente alta da mineração está fora dos padrões.
  • Velocidades de transação mais lentas e alto custo para validar transações.
  • Propenso a 51% de ataques.

Prós da prova de participação

A prova de participação oferece vantagens fundamentais em comparação com a prova de trabalho, segundo especialistas. Suas velocidades de transação mais rápidas e requisitos de energia mais eficientes permitem blockchains mais escaláveis. Facilitando assim a adoção entre novos usuários.

Além disso, a prova de participação oferece oportunidades para ganhar mais criptomoedas. Você pode bloquear suas moedas em um pool de liquidez e receber recompensas na forma de mais moedas. Isso oferece mais oportunidades para ganhar renda passiva.

Outros benefícios incluem:

  • O mecanismo de prova de saquê é relativamente seguro contra 51% dos ataques.
  • Não precisa de hardware caro para processamento.
  • As transações são mais rápidas e relativamente baratas.
  • Menos consumo de energia e proporciona oportunidades financeiras.

Contras da prova de participação

A principal questão com a prova de participação é que geralmente requer um enorme investimento inicial. Você deve comprar o suficiente do token nativo dessa criptomoeda para se qualificar para ser um validador. Isso geralmente depende do tamanho da rede. Em teoria, as pessoas devem ser ricas ou ganhar dinheiro suficiente para comprar uma participação em rede, levando a uma blockchain exclusivamente rica. À medida que as criptomoedas aumentam em valor de mercado, essa questão pode piorar.

Outros problemas incluem:

  • É realmente mais difícil descentralizar a rede.
  • Menos seguro que a prova de trabalho devido à captura do controle da rede ser fácil, pois depende do capital.
  • Prova de participação perde muitos benefícios da prova de trabalho, como recompensas de mineração etc.
  • Os modelos de prova de participação não foram implementados em uma blockchain elaborado.
  • Tópicos como gastos duplos são executáveis.

Conclusão

Prova de participação e prova de Trabalho ambos têm seus próprios prós e contras. Todo sistema tem seus pontos fortes e fracos, e qual você acha que é melhor, em última análise, depende do seu ponto de vista. No entanto, a prova de trabalho fornece aquilo que Satoshi Nakamoto concebeu como uma verdadeira alternativa ao sistema financeiro moderno: mais descentralização, privacidade e autonomia.

  • Artigo publicado originalmente no Crypto Rus e traduzido e adaptado por Gazeta Libertária
  • Quer entender mais sobre criptomoedas? Então clique aqui e leia nosso guia essencial sobre o assunto

APOIE GAZETA LIBERTÁRIA

Contamos com a generosidade de nossos doadores para tornar tudo isso possível. Desejamos publicar nosso conteúdo diariamente para todos, semeando o libertarianismo. Apoie nosso grupo de escritores. 

CONTRIBUIR

spot_img

CONFIRA