O Bitcoin é “tipo whatsapp, só que diferente”

A comparação pode até soar estranha num primeiro momento, mas uma explicação objetiva pode dissolver tal estranheza.

As Semelhanças Indiretas

De forma simples e sem apelo a parte técnica, o bitcoin consiste no envio e recebimento de “mensagens embaralhadas” transmitidas através de uma rede descentralizada.

O embaralhamento impede que as mensagens sejam lidas durante o percurso entre o remetente e o destinatário.

A descentralização fornece o meio constante e seguro para as mensagens serem enviadas e recebidas.

O que há de diferente entre o BTC e o whatsapp até esse ponto da explicação é apenas a rede onde as mensagens transitam. 

As Estruturas Diferentes

O bitcoin usa uma rede formada por diversos computadores ao redor do mundo. Cada máquina ligada à rede do bitcoin fornece poder computacional para as mensagens serem trocadas.

No caso do whatsapp, a rede que permite as trocas de mensagens é formada pelos computadores da Meta. A dona do aplicativo de mensagens. Logo, é uma rede centralizada nos computadores de uma empresa.

Entretanto, há pelo menos mais duas diferenças fundamentais entre as mensagens trocadas através do whatsapp e aquelas trocadas entre usuários de bitcoin:

  1. Você pode enviar uma mensagem duplicada/repetida pelo whatsapp. Hoje você deseja ao seu amigo a mesma coisa que desejou ontem, repetindo/duplicando a mensagem: bom dia. Com o bitcoin não existe dois “bom dia”. Cada mensagem é única. Isso evita que você duplique um pagamento, pois as mensagens trocadas na rede do bitcoin são usadas como dinheiro.
  2. O bitcoin possui um limite para a criação de números para a troca de mensagens: 21 milhões. O whatsapp suporta a criação de números infinitos, ou pelo menos indeterminado.

Famoso e Sem Popularidade

Além das diferenças elencadas acima, temos o fato de que o bitcoin foi pensado para ser moeda, e o whatsapp para ser um meio simples e barato (talvez gratuito) para as pessoas se comunicarem.

Para ser popular o BTC precisa ser usado como moeda. É necessário que negócios sejam tocados com bitcoin. As pessoas precisam conseguir usar bitcoins no cotidiano de modo tão simples como usam reais ou dólares.

A popularidade do bitcoin requer que empresas paguem seus funcionários e fornecedores com essa criptomoeda.

Não basta ser conhecido para ser popular, é necessário ser funcional. Em fevereiro de 2023 o bitcoin ainda não é funcional.

O Uso de Bitcoin é Viável?

Taxas e demora na confirmação das transações continuam inviabilizando o uso do bitcoin nas transações financeiras do dia a dia. Mesmo com o uso de uma “rede alternativa” mais rápida e quase gratuita, fornecendo uma “velocidade relâmpago” o bitcoin ainda não se compara a facilidade e popularidade do PIX aqui Brasil.

O whatsapp é popular porque seu uso é simples e resolve problemas. O bitcoin falta chegar no estágio do simples, por enquanto ele apenas resolve um problema.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Uso comercial do Bitcoin
Criptomoedas

O estado de adoção comercial das criptomoedas em 2024

A criptomoeda não são mais um conceito marginal, mas uma tendência que cresce rapidamente no setor de varejo. As organizações de varejo estão se preparando e adotando os pagamentos em moeda digital. Quando um varejista on-line americano se tornou o primeiro grande comerciante do mundo a aceitar criptomoedas como pagamento em 2014, foi uma grande […]

Leia Mais
Amanda Pritchard
Criptomoedas

Chefe da NHS defende intervenção estatal para combater “vício” em negociação de criptomoedas

Na última quarta-feira (12), a chefe do Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS), Amanda Pritchard, defendeu uma maior intervenção do estado britânico sobre o comércio de criptomoedas. Pritchard alega que a medida ajudaria a combater o “vício” em negociações de criptoativos. O discurso de Pritchard foi realizado durante o ConfedExpo, que é uma […]

Leia Mais
Bitcoin Coreia do Sul
Criptomoedas

Prêmio do Bitcoin na Coreia do Sul aumenta, refletindo a forte demanda local

Recentemente, o bitcoin (BTC) viu seu infame prêmio na Coreia do Sul cair abaixo de 1%, depois de quase atingir 10% em meados de abril. Os dados atuais indicam que o prêmio no país está se recuperando. As métricas do cryptoquant.com revelam que, após atingir uma baixa de 0,62% em 4 de junho, quando os […]

Leia Mais