sábado, dezembro 3, 2022

O Nosso Aquário Está Em Perigo

Um passarinho me contou que um Peixinho Mestre está querendo voltar a governar o nosso aquário, mas há um Monstrinho, ilegal, tentando tirá-lo da água. Precisamos afastar esse “terrista” da nossa casa.

O Monstrinho deixa o Peixinho Mestre desconfortável ao respirar de forma estranha. O Peixinho Mestre só quer ser livre para nadar no aquário, dando palavras de ordem aos peixinhos rebeldes e barulhentos que agitam as águas.

Tenho um segredo a revelar, mas não compartilhe-o com qualquer pessoa, senão o tribunal aquático será acionado: o aquário está trincado. Se os peixinhos rebeldes não se acalmarem o vidro se romperá, o aquário chegará ao seu fim.

Os peixinhos fora do aquário não conseguirão sobreviver. Será o fim da civilização aquática.

Não sabemos ao certo quem criou o aquário, mas sabemos que não há salvação fora dele. Os peixinhos precisam ter um Peixinho Mestre para seguirem e prestarem culto. O Monstrinho quer continuar usurpando o lugar do Peixinho Mestre, atitude essa que já ocorre há quatro anos.

O Monstrinho não gosta de nadar conforme a água. Sempre mergulha para lugares inconstitucionais. Os peixinhos expostos a essa desinformação comportamental acabam imitando o Monstrinho.

A influência que o Monstrinho exerce nos peixinhos do aquário tupiniquim foi recebida, em grande medida, do Bichinho feroz da Virgínia, que tornou-se gliter há poucos meses.

Se quisermos o nosso inerrante Peixinho Mestre governando o nosso aquário novamente, temos que convencer os peixinhos que não foram ao templo do aquário no primeiro culto a irem no segundo.

Vamos reconstruir o aquário para os peixinhos voltarem a sorrir. O Monstrinho deve ser vencido aquaticamente, como diz a constituição.

APOIE GAZETA LIBERTÁRIA

Contamos com a generosidade de nossos doadores para tornar tudo isso possível. Desejamos publicar nosso conteúdo diariamente para todos, semeando o libertarianismo. Apoie nosso grupo de escritores. 

CONTRIBUIR

spot_img

CONFIRA