sábado, dezembro 3, 2022

Próximo Bull Run do Bitcoin será em 2023, diz o CEO da Bitwise

Hunter Horsley se juntou à lista de pessoas que acham que o melhor momento para investir em bitcoin é durante o inverno criptográfico em andamento.

Hunter Horsley – CEO da fornecedora de soluções tecnológicas Bitwise – acredita que os Bear markets são um ótimo momento para os investidores aumentarem sua exposição ao bitcoin.

Ele estima que a próxima “corrida de touro” começará no próximo ano e aponta que os clientes de sua firma já aumentaram seu interesse nos ativos.

Fortunas são feitas no Bear Market

Em uma entrevista para a Bloomberg, Horsley delineou o padrão histórico do movimento de preços do bitcoin. Durante sua existência, a principal criptomoeda passou periodicamente por ciclos de quatro anos, enquanto bear markets sempre acompanharam as bull runs em um impulso crescente. Com base nesses dados, ele assumiu que o ativo embarcará em outro comício de preços em 2023:

“Então, em 2014, o mercado caiu quase 60%. 2018 – mercado abaixo de 70%. E este ano, obviamente, 2022, o mercado caiu cerca de 60%. A expectativa, caso o mercado continue sua trajetória histórica, é que iniciemos um novo ciclo no ano que vem.”

Apesar da atual queda do mercado, o executivo disse que um número crescente de clientes da Bitwise renovou seu interesse na indústria de criptomoedas. Na sua opinião, quem entra na onda agora (quando os preços estão muito mais baixos em relação ao ano passado) tem mais chances de gerar lucros significativos no futuro:

“Então, a história deste ano é definitivamente um mercado em baixa. No entanto, vimos um aumento no interesse de nossa base de clientes. E acho que o pano de fundo para muitos investidores de criptomoedas é que historicamente houve ciclos de quatro anos e, embora existam oportunidades de ganhar dinheiro em muitos momentos do mercado de criptomoedas, os mercados em baixa são os momentos em que as fortunas podem ser feitas.”

disse Hunter Horsley

Investir em tempos de crise é uma estratégia adotada por diversos especialistas financeiros. A narrativa vem do fato de que os preços caem devido ao pânico no espaço, mas quando a situação se acalma eles superam as avaliações anteriores. Por exemplo, quando a pandemia do COVID-19 estava no auge, o bitcoin caiu abaixo de US$ 5.000. No entanto, recuperou suas perdas um ano depois, disparando para uma alta histórica de quase US $ 70 mil.

Kiyosaki e Saylor pedem aos investidores que se foquem no Bitcoin

Robert Kiyosaki (autor de “Pai rico, pai pobre”) também acredita que as pessoas deveriam alocar parte de sua riqueza para o bitcoin durante uma grave crise monetária. Não faz muito tempo, ele argumentou que o aumento da inflação, o poder decrescente do dólar americano e a próxima recessão, entre outros, são os principais fatores pelos quais os investidores devem aumentar sua exposição ao BTC.

Não é surpreendente que o presidente do conselho da MicroStrategy, Michael Saylor, também pertença a esse clube. Em junho deste ano, ele descreveu a queda do bitcoin para 20 mil dólares como uma “grande oportunidade de compra”.

Ele também aconselhou os residentes de países economicamente angustiados (como os turcos) a recorrer ao BTC para preservar seus bens durante a turbulência.

Artigo escrito por Dimitar Dzhondzhorov, publicado em Crypto Potato e traduzido e adaptado por @rodrigo

Quer entender mais sobre Bitcoin e outras criptomoedas? Então clique aqui e leia nosso guia essencial sobre o assunto

APOIE GAZETA LIBERTÁRIA

Contamos com a generosidade de nossos doadores para tornar tudo isso possível. Desejamos publicar nosso conteúdo diariamente para todos, semeando o libertarianismo. Apoie nosso grupo de escritores. 

CONTRIBUIR

spot_img

CONFIRA