Quem ganha dois salários mínimos voltará a pagar Imposto de Renda

Imposto de Renda

As pessoas que recebem até dois salários, que até então estavam isentas de pagar o Imposto de Renda, voltarão ser tributadas este ano. A informação é da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Unafisco), responsável por monitorar os impactos da tabela do IR ao contribuinte.

Como parte de sua campanha para angariar votos, Lula junto à Haddad garantiram, por meio de uma Medida Provisória, a isenção do IR para quem ganhasse até R$ 2.112. O petista também havia estendido a isenção para quem recebia até dois salários mínimos.

Lula também havia prometido durante sua campanha, que a isenção também seria estendida àqueles que recebem até R$ 5 mil. O que nunca aconteceu desde que ele foi eleito.

No entanto, como a medida era aplicada apenas àqueles valores do ano em que a isenção foi feita, e como o salário mínimo foi ajustado, aqueles que ganham até dois salários mínimos voltarão a pagar IR. Agora, segundo a Unafisco, os contribuintes que tiveram aumento salarial terão que desembolsar R$ 13,80 de imposto todo mês, o equivalente a R$ 165,59 no ano.

Ao invés de isenção, mais imposto

Lula e Haddad sabiam da popularidade que a isenção fiscal iria causar e apostaram fortemente nisso em sua campanha eleitoral. Chegando a até mesmo elevar a isenção para quem ganhasse até R$ 5 mil.

A decisão havia dividido opiniões, com a esquerda mais radical achando tal medida imprudente, com os moderados vendo como um sinal de que Lula “não era tão ruim, e a direita e os libertários sabendo que se tratava de um embuste. No fim, o último grupo estava certo, e a medida de Lula havia sido apenas para enganar trouxas e ganhar a eleição.

Agora, ao invés de isenção, pagarão mais impostos. Fora o impacto dos demais impostos criados pelo governo Lula, que vem mostrando uma fome incontrolável.

Algum esquerdista que acha impostos nunca são demais, poderia afirmar que tal valor que será tributado é “insignificante”. No entanto, não cabe a ninguém determinar se um valor pago pelo outro é alto demais ou não. Além disso, se alguém estivesse disposto a pagar, não se chamaria de IMPOSTO, e nem haveriam penalidades para quem não o pagasse.

E por fim, qualquer valor, por menor que seja, sempre fará falta para aqueles que o querem consigo. Isso é mais verdade ainda para aqueles de menor renda, que Lula e seu governo sempre fingiram defender.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Elon Musk e Alexandre de Moraes
Ética

Elon Musk ataca censura de Alexandre de Moraes e deixa esquerda em polvorosa

Na última sexta-feira, o CEO da rede social X, Elon Musk, respondeu a uma publicação de Alexandre de Moraes questionando o porque dele estar impondo tanta censura no Brasil. Na publicação em questão, Moraes parabenizava o ex-ministro do STF, Ricardo Lewandowski pelo novo cargo de Ministro da Justiça e Segurança Pública. Confira abaixo: Elon Musk […]

Leia Mais
Roseane Murray
Ética

O ataque de pitbulls contra a escritora e poetisa Roseane Murray

Na manhã de ontem (5), a escritora e poetisa Roseana Murray, de 73 anos, havia sofrido um violento ataque de 3 pitbulls enquanto caminhava em Saquarema, na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro. O incidente reacende a discussão sobre possuir ou não cachorros da raça pitbull. O inicidente A escritora e poetisa Roseane Murray […]

Leia Mais
Álcool 70%
Ética

Anvisa proíbe venda de álcool 70% em supermercados e farmácias a partir de 30 de abril

Por decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o álcool líquido 70% terá sua venda em farmácias e supermercados proibida a partir do dia 30 de abril. A agência já havia proibido o produto em 2002 e havia feito uma breve liberação durante a pandemia devido a escassez de álcool em gel. Segundo a […]

Leia Mais