Retomando nossa liberdade em 2022

liberdade

Para aqueles que valorizam a liberdade, os últimos dois anos foram um pesadelo. Parece que adormecemos no início de 2020 e acordamos em 1984! Eles disseram que se colocarmos uma máscara e ficarmos em casa por duas semanas, tudo iria voltar ao normal. As duas semanas vieram e se foram e em vez da vida retomar, eles colocaram mais restrições. Os últimos dois anos foram um pesadelo e marcados de “especialistas” como Anthony Fauci constantemente se contradizendo.

No início da história, em abril de 2020, eu avisei em um artigo intitulado “Next in Coronavirus Tyranny: Forced Vaccinations and ‘Digital Certificates’”, que o objetivo final da multidão que defendia as “duas semanas de lockdown” era forçar a vacinação e um “passaporte de vacina” nos americanos.

Minhas preocupações na época foram descartadas como apenas mais uma teoria da conspiração. Porém, menos de um ano depois, essa “teoria da conspiração” tornou-se um fato conspiratório. Não estou feliz por estar certo. A introdução dos passaportes de vacinas foi, desde o início, meu pior pesadelo. A ideia de que você deve “mostrar seus papéis” para participar da sociedade é um conceito totalmente contrário a uma sociedade livre. É desumano.

A história dos últimos dois anos é que as piores ideias foram adotadas à força e qualquer pessoa que questionasse foi reprimida brutalmente. Foi revelado recentemente que o Dr. Fauci e o diretor do National Institutes of Health conspiraram para fazer uma “rápida e devastadora derrubada” dos estimados cientistas por trás da Declaração de Great Barrington. Os cientistas do Great Barrington estavam errados? Fauci e seu chefe não poderiam ter se importado menos. Eles não estavam interessados em um debate. Seu único objetivo era eliminar quaisquer pontos de vista opostos. Isso não é ciência. É ideologia, política e interesse próprio.

Como disse meu filho, Rand, em um relatório recente da Liberty, milhares de pessoas morreram porque Fauci se recusou a considerar a eficácia comprovada da imunidade natural contra Covid. Ele e seus colegas estavam determinados a negar qualquer tratamento ambulatorial e insistiam nas vacinas como a única saída. Agora, como estamos vendo, as vacinas possuem um desempenho tão fraco em relação à imunidade natural e toda sua estratégia está em frangalhos.

Alguém vai pedir desculpas aos parentes de todos aqueles que morreram?

Quando olharmos para esses dois anos, esperançosamente uma coisa que será lembrada é como todas as instituições do poder estatal perderam sua credibilidade. Eles foram expostos como fraudes e coisas piores.

Em uma recente entrevista de Joe Rogan com o Dr. Robert Malone – inventor da tecnologia de mRNA que é a espinha dorsal das “vacinas” – Malone discute o conceito perturbador de psicose de formação em massa, onde o medo e a manipulação são usados para levar uma sociedade à loucura em serviço de um grupo de elites com uma agenda. Vimos isso na Alemanha na década de 1930.

Como Charles Mackay escreveu no século 19 sobre a loucura das multidões, os humanos enlouquecem em grupo, mas se recuperam um de cada vez.

O que deve ser feito para derrotar a tirania em 2022? Devemos continuar dizendo a verdade. A verdade está ganhando e os mentirosos estão perdendo. Uma por uma, suas mentiras estão sendo expostas. Mas não é uma tarefa fácil. Cada um de nós em 2022 pode fazer algo para promover a verdade e liberdade. Faça o que você puder. As recompensas serão ótimas!

Autor: Ron Paul é um antigo membro do Congresso e Conselheiro Distinto do Mises Institute.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Greve das universidades federais
Política

Greve das Universidades Federais mantém tensão entre professores e o Governo Lula

A greve de universidades federais no país, que já dura quase dois meses, segue ativa, mantendo a tensão entre os professores federais e o Governo Lula. Por um lado, professores em greve afirmam que continuarão com a greve até receberem aumentos salariais. O governo, por sua vez, afirma que não há mais espaço no orçamento […]

Leia Mais
Macron
Política

Macron dissolve parlamento e convoca eleições legislativas antecipadas na França

No último domingo (9), o presidente da França, Emmanuel Macron, dissolveu o parlamento do país, a Assembleia Nacional, e convocou eleições legislativas antecipadas. A decisão do presidente francês foi tomada após uma pesquisa de boca de urna que mostrou que seu partido, Renascimento, seria derrotado pelo partido de oposição, União Nacional (RN), nas eleições parlamentares. […]

Leia Mais
Jorge Seif
Política

Senador Jorge Seif admite que defende imposto sobre importações porque paga o seu salário

O senador Jorge Seif (PL-SC), que se diz liberal, votou sim pela em 20% das compras internacionais até 50 dólares, que foi aprovada na última quarta-feira, 5, a taxação. O senador justificou seu voto, admitindo que tal imposto paga seu salário. O senador ainda recorreu às velhas falácias protecionistas e estatistas em defesa dos impostos […]

Leia Mais