Revolucionando a privacidade do Bitcoin: carteira Samourai lança trocas atômicas de BTC para XMR

Bitcoin e Monero

A Samourai Wallet revelou um novo recurso que permite trocas atômicas de bitcoin (BTC) para monero (XMR), oferecendo um meio mais discreto de realizar transações. As trocas atômicas permitem que duas partes troquem diferentes criptomoedas sem a necessidade de um intermediário confiável. Os swaps atômicos de BTC para XMR da Samourai aprimoram isso integrando uma abordagem orientada à privacidade.

Uma vez implementado, o sistema concederá aos usuários uma maneira mais eficiente de lidar com o troco contaminado, essencialmente UTXOs que sobraram da Whirlpool Coinjoins. Esse troco ou fragmentos residuais de BTC podem resultar em diminuição da privacidade e ser detectados por programas de vigilância de blockchain. Samourai colaborou com o desenvolvedor da carteira Mysu, Pokkst, na funcionalidade de troca atômica.

O troco contaminado ou que sobra das Coinjoins tem sido um problema reconhecido há algum tempo, e as principais marcas que apóiam o esquema Coinjoin geralmente ignoram a discussão do problema. Além de Samourai abordar as preocupações com o troco contaminado, o sistema Cashshuffle do bitcoin cash (BCH) foi transferido para o Cashfusion por esse motivo específico. Algumas carteiras também empregam um método chamado “inclusão de saída de troco” para lidar com o troco adulterado.

O Monero (XMR), uma criptomoeda com foco na privacidade, fez sua estreia em 18 de abril de 2014. Empregando o protocolo Cryptonote, o uso de assinaturas em anel, endereços furtivos e provas de balas pelo Monero oculta os detalhes do remetente e do destinatário, garantindo a confidencialidade da transação. Isso torna a XMR atraente para aqueles que buscam privacidade financeira.

O potencial de facilitar o BTC e o XMR por meio de swaps atômicos oferece a perspectiva de trocas imediatas e sem confiança entre as duas moedas digitais, eliminando a necessidade de um intermediário.

Embora o recurso do Samourai tenha recebido elogios da comunidade de privacidade, vários maximalistas do bitcoin (BTC) o criticaram por utilizar o monero (XMR). Um usuário do X que atende pelo nome de “Platelicker” perguntou aos seguidores se o Samourai deveria ser “cancelado”. Incomodado com as críticas, Samourai continua a desenvolver o recurso.

“Ninguém influencia nosso roteiro, a não ser nós”, postou Samourai no X. “Ninguém nos intimidará para que nos submetamos. Ou você está junto conosco ou não está. Se quiser sair do passeio, é melhor pular, porque não vamos diminuir a velocidade para você. É simples assim.”

A introdução do recurso de Samourai coincide com um período em que o entusiasmo pelos recursos de privacidade entre os defensores das criptomoedas diminuiu nos últimos anos. Cada vez mais, os influenciadores comprometeram a privacidade para buscar a aprovação do Estado ou o reconhecimento e a regulamentação de moedas digitais como o bitcoin (BTC). As ferramentas de criptografia que aumentam o anonimato foram relegadas, as moedas de privacidade foram retiradas das bolsas de valores importantes e um número significativo de influenciadores e empresas de criptografia atuais adotam as regulamentações e o KYC como aspectos positivos.

Artigo escrito por Jamie Redman, publicado em News.Bitcoin.com e traduzido por @rodrigo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lula imposto sobre o Bitcoin
Criptomoedas

Governo Lula quer aumentar para 22,5% os impostos para todos os usuários de Bitcoin no Brasil

O governo Lula anunciou que pretende aumentar os impostos para todos os usuários de criptomoedas em até 22,5%. Segundo o governo, a proposta não é criar um novo imposto, mas aumentar ainda mais as taxas para os usuários que possuem criptoativos. A ideia é ‘fechar o cerco’ com àqueles que estão usando criptoativos para driblar […]

Leia Mais
Halving do Bitcoin
Criptomoedas

O halving do Bitcoin está cada vez mais próximo, com menos de 2.900 blocos restantes

No momento, restam menos de 2.900 blocos até o próximo halving do Bitcoin. Para compreender o conceito de halving, é bom entender primeiro como surgem os novos bitcoins, principalmente por meio do processo de mineração de bitcoins. Isso envolve entidades, conhecidas como mineradores, que validam blocos repletos de transações que aguardam confirmação. Em sua busca […]

Leia Mais
União Europeia ALM Criptomoedas
Criptomoedas

Novas leis contra lavagem dinheiro da UE visam transações em criptomoedas

Como parte das novas leis contra lavagem de dinheiro, o Parlamento da União Europeia proibiu carteiras de criptografia de autocustódia não identificadas para transações na região. A proibição tem como alvo as transações anônimas em dinheiro que excedam € 3.000 e as carteiras de auto-custódia em várias plataformas. Em uma publicação recente nas redes sociais, […]

Leia Mais