Análise técnica do Bitcoin: A alta do BTC recuperou a força após o recente recuo

Alta do Bitcoin

No último dia, o bitcoin apresentou uma exibição dinâmica, marcada por flutuações significativas e movimentos ascendentes em diferentes períodos. Depois de atingir um pico de US$ 69.210 por unidade em 5 de março, a criptomoeda caiu abaixo do limite de US$ 60.000, apenas para subir novamente na quarta-feira, posicionando-se na faixa de US$ 66.500 a US$ 67.500.

Tendência de alta para o Bitcoin

Ao longo do dia 6 de março, a trajetória horária do bitcoin (BTC) refletiu a dinâmica animada do mercado. A faixa de negociação do dia se estendeu de US$ 60.861 a US$ 67.645, mostrando o fascínio duradouro da criptomoeda e o otimismo predominante entre os traders. No cenário de um aumento semanal de 12,5%, a quarta-feira resumiu o impulso positivo contínuo do bitcoin. Um exame diferenciado dos osciladores revela uma postura predominantemente neutra.

O índice de força relativa (RSI), em 73, o estocástico, em 85, e o índice do canal de commodities (CCI), em 114, sinalizam um entusiasmo medido no sentimento do mercado. No entanto, o indicador de momentum em 14.853 e o nível de divergência de convergência da média móvel (MACD) em 4.814 apontam decisivamente para sinais de alta, sugerindo uma subcorrente de momentum positivo pronta para emergir.

Clique aqui para acompanhar o gráfico no Tradingview

A história contada pelas médias móveis (MAs) do BTC é esmagadoramente de alta, com todos os indicadores, desde a média móvel exponencial (EMA) de 10 dias em US$ 62.150 até a média móvel simples (SMA) de 200 dias em US$ 38.040, defendendo o sentimento de alta contínua. Esse alinhamento entre as médias de curto, médio e longo prazo delineia uma base sólida de suporte, impulsionando a trajetória do bitcoin em direção a territórios desconhecidos.

A combinação de osciladores neutros e médias móveis de alta apresenta um cenário complexo, porém promissor. Enquanto os osciladores sugerem uma pausa para respirar, as médias móveis formam um bastião de suporte, indicando interesse e investimento sustentados no potencial de crescimento do bitcoin. Após sua recente recuperação na quarta-feira, o BTC parece estar pronto para desafiar seu pico histórico mais uma vez, à medida que sua alta ganha impulso.

Leia também: Conheça a plataforma SpikeToSpike: a maneira mais anônima de se comprar Bitcoin

Veredito de alta

Ao destilarmos a essência do desempenho do bitcoin em 6 de março de 2024, por meio das lentes dos osciladores e das MAs, o sentimento predominante se inclina decisivamente para uma perspectiva de alta. Os robustos níveis de suporte indicados pelas MAs, combinados com o otimismo seletivo dos osciladores, pintam o quadro de uma moeda prestes a subir ainda mais. Considerando os fortes indicadores técnicos e a dinâmica subjacente do mercado, o bitcoin parece pronto para continuar sua trajetória de alta.

Veredito de baixa

Por outro lado, um exame cauteloso dos mesmos indicadores técnicos poderia justificar um veredito de baixa para o futuro imediato do bitcoin. Embora os indicadores de alta sejam inegáveis, as posições elevadas de certos osciladores, como o RSI e o Estocástico, perto dos territórios de sobrecompra, sugerem que os atuais níveis de preços do BTC podem não ser sustentáveis no curto prazo. Esse cenário pressupõe que o mercado deve passar por uma correção, como normalmente ocorre após períodos de rápida valorização.

Artigo escrito por Jamie Redman, publicado em News.Bitcoin.com e traduzido por @rodrigo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lula imposto sobre o Bitcoin
Criptomoedas

Governo Lula quer aumentar para 22,5% os impostos para todos os usuários de Bitcoin no Brasil

O governo Lula anunciou que pretende aumentar os impostos para todos os usuários de criptomoedas em até 22,5%. Segundo o governo, a proposta não é criar um novo imposto, mas aumentar ainda mais as taxas para os usuários que possuem criptoativos. A ideia é ‘fechar o cerco’ com àqueles que estão usando criptoativos para driblar […]

Leia Mais
Halving do Bitcoin
Criptomoedas

O halving do Bitcoin está cada vez mais próximo, com menos de 2.900 blocos restantes

No momento, restam menos de 2.900 blocos até o próximo halving do Bitcoin. Para compreender o conceito de halving, é bom entender primeiro como surgem os novos bitcoins, principalmente por meio do processo de mineração de bitcoins. Isso envolve entidades, conhecidas como mineradores, que validam blocos repletos de transações que aguardam confirmação. Em sua busca […]

Leia Mais
União Europeia ALM Criptomoedas
Criptomoedas

Novas leis contra lavagem dinheiro da UE visam transações em criptomoedas

Como parte das novas leis contra lavagem de dinheiro, o Parlamento da União Europeia proibiu carteiras de criptografia de autocustódia não identificadas para transações na região. A proibição tem como alvo as transações anônimas em dinheiro que excedam € 3.000 e as carteiras de auto-custódia em várias plataformas. Em uma publicação recente nas redes sociais, […]

Leia Mais