quarta-feira, dezembro 7, 2022

Após aprovação de leis autoritárias no Canadá, Bitcoin dispara

Bitcoin dispara e retoma o patamar dos US$ 44 mil no dia de hoje, se recuperando da desvalorização ocorrida no final de semana. E o principal fator por trás desse movimento foi a aprovação da Lei de Emergências no Canadá, recurso que da amplos poderes para o governo sobre os cidadãos canadenses.

A medida permite que o governo possa bloquear contas bancárias e outros bens pertencentes aos manifestantes e demais indivíduos que participem dos protestos, demonstrando um claro sinal de censura financeira. Eles alegam que as manifestações são agressivas e contém atos perigosos para o país, porém não conseguiram provar nenhuma dessas acusações até o momento.

Logo, a atitude autoritária mostra que a medida governamental é mais uma repressão a seus opositores do que realmente uma lei para ”proteger” a sociedade. Com o objetivo de enfraquecer os protestos, o governo autorizou que instituições financeiras e plataformas de financiamento coletivo suspendam contas de usuários que sejam ”suspeitos” de financiar a manifestação dos caminhoneiros.

Tal medida levou os manifestantes a captarem recursos via criptomoedas. Por serem livres de confiscos e congelamentos, elas permitem uma liberdade monetária que não está presente no sistema financeiro tradicional. Estima-se que eles tenham captado mais de 20 BTC, o que da em torno de R$ 4,5 milhões de reais.

Esse caso demonstra o quão importante os criptoativos são para as liberdades civis, dando imponência as pessoas, principalmente em momentos de repressão estatal. E nessa toada, o Bitcoin dispara tendo uma valorização de 5% de ontem para hoje, como uma resposta do mercado a esse tipo de atitude, mostrando a força do ativo que além de ser visto como reserva de valor contra a inflação, serve de porto seguro contra a tirania governamental.

APOIE GAZETA LIBERTÁRIA

Contamos com a generosidade de nossos doadores para tornar tudo isso possível. Desejamos publicar nosso conteúdo diariamente para todos, semeando o libertarianismo. Apoie nosso grupo de escritores. 

CONTRIBUIR

spot_img

CONFIRA