Em meio à perseguição política, Monark se muda para os EUA

Monark se muda para os EUA

Nesta quarta-feira (26), o influenciador digital, Bruno Monteiro Aiub, o Monark, confirmou em entrevista à Gazeta do Povo que deixou o Brasil para viver e trabalhar nos Estados. A decisão do influencer foi feita em meio à perseguição política que ele vinha sofrendo no Brasil devido aos seus ataques ao TSE.

“O Brasil virou uma ditadura do Judiciário, não existe mais lei. Eu sou um perseguido político e, infelizmente, temendo pela minha segurança e também para continuar com o meu trabalho, me vi obrigado a vir para os Estados Unidos, que é um país que tem liberdade de expressão. Vou continuar com meu podcast falando sobre a situação brasileira”

afirmou Monark

Críticas ao TSE

Devido às suas críticas às ações totalitárias do TSE durante o último período eleitoral, Monark havia se tornado um alvo de ataques ďo judiciário brasileiro. A maior parte das críticas foram direcionadas ao presidente da Corte, o ministro Alexandre de Moraes.

Em junho deste ano, o influencer teve todas as suas contas das redes sociais bloqueadas devido à uma entrevista com o deputado Filipe Barros (PL-PR) em seu podcast, onde ele alerta sobre a insegurança das urnas eletrônicas. Na ocasião, o deputado havia afirmado que as urnas eletrônicas haviam sofrido um ataque hacker, que ele afirmou ser confirmado pelo próprio inquérito solicitado pelo TSE.

Moraes, que admitiu que o TSE já vinha monitorando o influencer, emitiu uma ordem para que Monark prestasse depoimento à Polícia Federal pelos seus ataques ao TSE. Além disso, o magistrado também ordenou que as redes sociais do influencer fossem suspensas sob a pena de uma multa diária de R$ 10 mil.

Monark no entanto continuou produzindo seus vídeos na plataforma de vídeos Rumble, onde continuou seus ataques à Moraes e ao TSE. Diante disso, Moraes ordenou que as contas bancárias de Monark fossem bloqueadas para que ele pudesse pagar a multa de R$ 300 mil por ter desobedecido às ordens do ministro de não usar as redes sociais.

Na ocasião, surgiu o rumor de que Monark havia investido boa parte de suas economias em BTC como forma de se proteger contra o confisco do seu dinheiro. Tal hipótese foi levantada devido à um vídeo viral onde ele reconhece a importância do Bitcoin para se proteger de ataques do tipo. No entanto, o influencer não confirmou se ele havia de fato investido grande parte de suas economias em BTC.

Confronto com Flávio Dino

No início desse mês, Monark havia sido intimado a participar de uma audiência com o ministro da Justiça Flávio Dino. Em um dos seus podcasts Monark havia xingado o ministro de “gordola” e o acusado de ser autoritário e chamou de escravo a quem se submete à autoridade de Dino.

Dino exigiu uma retratação pública do influenciador por meio de vídeo. No entanto, segundo o advogado de Monark, Jorge Salomão, a publicação do vídeo poderia ser interpretada como desobediência e resultar na prisão do influencer.

Uma resposta para “Em meio à perseguição política, Monark se muda para os EUA”

  1. Avatar de 1985 as avrssas
    1985 as avrssas

    porque sera q ninguem comenta isso?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

One thought on “Em meio à perseguição política, Monark se muda para os EUA”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Elon Musk e Alexandre de Moraes
Ética

Elon Musk ataca censura de Alexandre de Moraes e deixa esquerda em polvorosa

Na última sexta-feira, o CEO da rede social X, Elon Musk, respondeu a uma publicação de Alexandre de Moraes questionando o porque dele estar impondo tanta censura no Brasil. Na publicação em questão, Moraes parabenizava o ex-ministro do STF, Ricardo Lewandowski pelo novo cargo de Ministro da Justiça e Segurança Pública. Confira abaixo: Elon Musk […]

Leia Mais
Roseane Murray
Ética

O ataque de pitbulls contra a escritora e poetisa Roseane Murray

Na manhã de ontem (5), a escritora e poetisa Roseana Murray, de 73 anos, havia sofrido um violento ataque de 3 pitbulls enquanto caminhava em Saquarema, na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro. O incidente reacende a discussão sobre possuir ou não cachorros da raça pitbull. O inicidente A escritora e poetisa Roseane Murray […]

Leia Mais
Álcool 70%
Ética

Anvisa proíbe venda de álcool 70% em supermercados e farmácias a partir de 30 de abril

Por decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o álcool líquido 70% terá sua venda em farmácias e supermercados proibida a partir do dia 30 de abril. A agência já havia proibido o produto em 2002 e havia feito uma breve liberação durante a pandemia devido a escassez de álcool em gel. Segundo a […]

Leia Mais