Endurecimento das restrições sanitárias na Europa

Após as restrições sanitárias feitas na Holanda e na Áustria durante a semana passada, mais países da Europa começaram a endurecer as restrições sanitárias visando combater o Covid-19.

Primeiramente, para recapitular, no dia 19 desse mês houve um lockdown para os não vacinados e uma restrição de horário de funcionamento para o comércio. Porém, recentemente o horário de fechamento dos comércios a partir das 20 horas da noite mudou para as 17 horas da noit

Já na Holanda, as medidas sanitárias que deveriam durar apenas três semanas, foram prorrogadas por mais tempo.

Nesta semana, a Bélgica começou a por em prática medidas parecidas com a da Holanda., anunciando um toque de recolher para restaurantes, bares espaços culturais e mercados natalinos, tendo que fechar às 23 horas.

Além disso, reforçaram o uso da máscara e o trabalho remoto será posto compulsoriamente por 4 dias por semana até dia 19 de dezembro. O governo belga também proibiu o festas e reuniões privadas no país todo.

Na quarta-feira a Itália passou a restringir o acesso das pessoas que não se vacinaram aos lugares fechados. Na quinta tanto a França quanto Portugal voltaram a obrigar o uso de máscaras em locais fechados.

No dia seguinte a cidade de Paris anunciou a obrigatoriedade do uso de máscaras em locais abertos, durante eventos públicos, festivais e espetáculos.

Apesar dos países da Europa terem uma média de mais de 60% da população vacinada com as duas doses, a contaminação continua do covid-19 leva os governos a tentar justificar essas medidas extremas, mesmo muitos deles reconhecendo que apesar do grande número contaminações, o número de mortes é relativamente baixo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Greve das universidades federais
Política

Greve das Universidades Federais mantém tensão entre professores e o Governo Lula

A greve de universidades federais no país, que já dura quase dois meses, segue ativa, mantendo a tensão entre os professores federais e o Governo Lula. Por um lado, professores em greve afirmam que continuarão com a greve até receberem aumentos salariais. O governo, por sua vez, afirma que não há mais espaço no orçamento […]

Leia Mais
Macron
Política

Macron dissolve parlamento e convoca eleições legislativas antecipadas na França

No último domingo (9), o presidente da França, Emmanuel Macron, dissolveu o parlamento do país, a Assembleia Nacional, e convocou eleições legislativas antecipadas. A decisão do presidente francês foi tomada após uma pesquisa de boca de urna que mostrou que seu partido, Renascimento, seria derrotado pelo partido de oposição, União Nacional (RN), nas eleições parlamentares. […]

Leia Mais
Jorge Seif
Política

Senador Jorge Seif admite que defende imposto sobre importações porque paga o seu salário

O senador Jorge Seif (PL-SC), que se diz liberal, votou sim pela em 20% das compras internacionais até 50 dólares, que foi aprovada na última quarta-feira, 5, a taxação. O senador justificou seu voto, admitindo que tal imposto paga seu salário. O senador ainda recorreu às velhas falácias protecionistas e estatistas em defesa dos impostos […]

Leia Mais