Ideias Que Iluminam

Ideias e somente ideias podem iluminar a escuridão

Atualmente, a esquerda fala de temas que envolvem racismo, machismo, feminismo, homofobia, ambientalismo e afins, utilizando-se fortemente de expressões artísticas com apelo ao sentimentalismo e ao ressentimento.

Tentam criminalizar expressões, criando mecanismos de controle social através do policiamento do discurso. Buscam palavras, frases e atitudes que possam ser polemizadas, visando condenar aquilo que denominam ser o mal da sociedade.

Essa postura inflamada é reflexo da falta de estrutura mental para discutir assuntos que antes eram dominado pela militância e intelctualidade esquerdista.

Nos campos da filosofia, política e economia, eles perderam o debate público, pois não conseguem utilizar o argumento racional e a lógica para sustentar as ideias que defendem. (A militância direitista brasileira está pendendo para o mesmo fim, mas isso pode ser abordado em outro artigo)

Uma vez que mais pessoas descobrem ideias contrárias ao pensamento da esquerda, o repertório da oposição fica difícil de ser batido.

O movimento libertário/anarcocapitalista brasileiro é uma das vertentes discursivas que tem contribuído para o enfraquecimento e a derrota da esquerda falante.

Quando o indivíduo entende a ética da liberdade, entende o funcionamento básico da economia, e compreende os meios de argumentação falaciosos que são usados para expor sofismas, a esquerda fica prostrada nos discursos emotivos.

Ideias objetivas expostas em argumentos razoáveis quebram discursos vazios fundamentados em falácias, pois nos colocam dentro da realidade concreta.

As palavras do economista austríaco Ludwig Von Mises, ressoam fortemente em nossos dias: ideias, somente ideias podem iluminar a escuridão.

Sejamos iluminados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carcereiro de Lula
Cultura

Livro sobre relação de Lula com carcereiro da PF em Curitiba pode virar filme

Segundo o colunista do Metrópoles, Guilherme Amado, o livro sobre a relação entre Lula e seu carcereiro durante o tempo em que esteve preso em Cuitiba, também pode virar filme. Entre os interessados em produzir o filme, estão Juliano Dornelles, que foi um dos diretores do filme Bacurau, e também Felipe Braga, que produziu o […]

Leia Mais
Natal e capitalismo
Cultura

Como o capitalismo transformou o Natal em um feriado para crianças

Durante a década de 1980, milhões de crianças americanas se debruçaram sobre o catálogo da Toys ‘R’ Us, sonhando acordadas com os brinquedos que esperavam receber em algumas semanas na manhã de Natal. Afinal, em meados do século XX, o Natal – para inúmeras famílias de classe média com filhos – havia se tornado mais […]

Leia Mais
Kundun 1997
Cultura

O filme de Martin Scorsese que a Disney e a China não querem que você veja

Poucos diretores em Hollywood têm mais poder do que Martin Scorsese, o diretor vencedor do Oscar pelos sucessos de bilheteria “Goodfellas”, “Casino”, “The Departed” e “The Wolf of Wall Street”. Mas até mesmo o lendário cineasta não teve a influência necessária para salvar o destino de seu filme “Kundun” (1997) quando o Partido Comunista Chinês […]

Leia Mais