terça-feira, julho 5, 2022

Lula volta atrás sobre censura da mídia

Após trazer o assunto sobre controle da mídia ao debate público, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) voltou atrás e recuou acerca do tema no fim do ano passado, quando passou a dizer que o assunto deveria ser tratado pelo Congresso Nacional.

A mudança na postura do ex-presidente coincidiu com sua aproximação com o Centrão por meio de uma possível chapa com Geraldo Alckmin, ex-governador de SP, como vice.

Outro motivo possível para a mudança de postura do ex-presidente é o fato do atual presidente, Jair Bolsonaro (PL) usar a proposta de Lula de regular os meios de comunicação como um ponto negativo contra o petista, apontando isso como uma medida totalitária que ele afirma não defender.

Segundo um levantamento de dados do site Poder 360, desde que saiu da prisão em 2019, Lula defendeu a regulação dos meios de comunicação 9 vezes.

Apesar de voltar atrás sobre a fala de que uma vez eleito iria regular a mídia, Lula enfatiza sua opinião de que tanto a mídia tradicional – rádio, TV, jornais e etc – quanto a internet, precisam estar sujeitas a um novo marco regulatório.

APOIE GAZETA LIBERTÁRIA

Contamos com a generosidade de nossos doadores para tornar tudo isso possível. Desejamos publicar nosso conteúdo diariamente para todos, semeando o libertarianismo. Apoie nosso grupo de escritores. 

CONTRIBUIR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

CONFIRA