Notícia Boa: Bolsonaro Perdeu – Notícia Ruim: Lula Ganhou

Haverá um 3° turno entre Bolsonaro e Lula?

Hoje é um dia de festa para os lulistas e um dia de luto para os bolsonaristas. Festejam aqueles que acreditam no resgate de um Brasil onde tudo era flores. Choram aqueles que acreditam que nos últimos quatros anos saímos do inferno.

Como é notória nas disputas políticas a supressão da verdade, você pode escolher qualquer coisa para militar por ela apaixonadamente. Torcer pelo candidato “A” em detrimento do candidato “B” não faz diferença.

Não interessa o que Lula fará na presidência do Brasil. Seus apoiadores dirão que é o melhor dos mundos possíveis.

Nos dois meses que restam para Bolsonaro na presidência ouviremos discursos previsíveis: o governo federal salvou o Brasil da ditadura comunista, protegeu as famílias e tirou a mamata da TV Globo.

Lula e Bolsonaro são faces da mesma moeda: a democracia. Esse regime político tem sido cultuado como se fosse o antídoto da ditadura.

A democracia é boa para a classe política e ruim para os indivíduos. A classe política é bem remunerada. Vive às custas de impostos e criam leis em benefício próprio.

A cada dois anos nos é empurrado goela abaixo o dever de votarmos. Dizem-nos que o voto é a arma do cidadão. Essa dinâmica impede que a verdade dos fatos seja vista.

Quanto mais pessoas militam por políticos, mais o sistema democrático se fortalece. A mentalidade de escravo apenas cresce nesse cenário.

Continuaremos sustentando o atual presidente e os próximos, além dos vereadores, prefeitos, governadores, deputados e senadores.

Na democracia você paga o salário de quem não contratou, além de financiar projetos que não deseja e serviços que não escolheu adquirir.

A ex-presidente Dilma Rousseff proferiu uma frase, há alguns anos, que embora seja meio confusa nos diz o que ocorre ao final das eleições:

“Não acho que quem ganhar ou quem perder, nem quem ganhar nem perder, vai ganhar ou perder. Vai todo mundo perder.”

Obviamente que esse “vai todo mundo perder” se refere ao povo e não aos políticos, que desejam apenas o seu apoio incondicional por toda a vida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eleições

Breves comentários sobre o candidato Javier Milei

Javier Milei tem verdadeiras chances de se tornar o novo presidente da Argentina. Em primeiro na corrida eleitoral até o momento, o candidato se autodenomina anarcocapitalista e libertário, prometendo, dentre outras, legalizar a venda de órgãos e extinguir o banco central. Para compreendermos melhor essa situação, devemos analisar com mais profundidade a iteração do sistema […]

Leia Mais
Lula e Bolsonaro exercendo seu direito de resposta no debate entre presidenciáveis
Eleições

Direito de Resposta – A Febre das Eleições 2022

Se alguém pedir direito de resposta a esse artigo, ele será negado. Porém, se o TSE e o STF decidirem o contrário, acataremos. Afinal, quem pode manda, quem tem juízo obedece. As eleições de 2022 tem nos mostrado uma nova compulsão política: o direito de resposta. Qualquer motivo bobo toma ares de urgência judicial ao […]

Leia Mais
Assim como neste clássico meme da mulher raivosa apontando para o gato, os gradualistas acusam os agoristas de não terem colaborado com a eleição de Bolsonaro
Eleições

Agoristas são culpados por Bolsonaro não ter ganho no 1° Turno?

Este artigo será o primeiro de uma série de artigos onde serão feitos alguns esclarecimentos aos libertários ditos gradualistas (que acreditam na via política como caminho para a liberdade) levarem em conta ao exporem sua estratégia. “Vocês agoristas são culpados de omissão” Chegou mais um ano de eleições. E como de costume, uma certa ala […]

Leia Mais