O que aconteceria com o Bitcoin se o teto da dívida dos EUA fosse estourado? (Opinião)

Dívida dos EUA e o Bitcoin

Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Observe a pequena linha azul no Google Trends para “bitcoin” atingir o teto se os EUA não pagarem sua dívida. O BTC pode sofrer em um primeiro momento com a redução do risco nos mercados, mas poderia facilmente brilhar em outra crise financeira global.

Republicanos da Câmara chegaram a um acordo provisório com a Casa Branca do presidente Joe Biden no fim de semana do Memorial Day. O acordo ajudará a aumentar o limite da dívida estabelecido pelo Congresso para empréstimos federais.

Mas isso ainda não está garantido. Os democratas da Câmara estão insatisfeitos com algumas das concessões de última hora feitas pelo governo Biden. Enquanto isso, os republicanos podem não apoiar o projeto de lei devido ao recente acordo sobre o limite da dívida. O senador americano Rand Paul (R-KY) disse que não votará a favor do projeto no Senado.

Acordo sobre a dívida dos EUA é alcançado, mas não é definitivo

O Tesouro pode começar a ficar sem dinheiro para pagar as contas que vencem já em 5 de junho se o teto da dívida não for aumentado:

“Nos Estados Unidos, uma inadimplência poderia causar o congelamento dos mercados financeiros e desencadear uma crise financeira internacional. Os analistas dizem que milhões de empregos desapareceriam, as taxas de empréstimo e de desemprego aumentariam e uma queda no mercado de ações poderia apagar trilhões de dólares em riqueza familiar. Isso praticamente destruiria o mercado de US$ 24 trilhões de dívidas do Tesouro.”

Então, o que aconteceria com o Bitcoin e o preço de outras criptomoedas se os EUA não cumprissem suas obrigações? A inadimplência da dívida colocaria a economia em um enorme aperto. Isso poderia facilmente fazer com que os preços das criptomoedas caíssem em todos os setores.

A inadimplência prejudicaria os preços das criptomoedas… em um primeiro momento

Os preços das criptomoedas e das ações estiveram em correlação por 18 meses, quando o inverno das criptomoedas descongelou em janeiro. Durante a primeira metade de 2023, a correlação permaneceu significativa.

E se a economia travar, as ações despencarem e houver outra crise financeira global? Os preços das criptomoedas que se movem em correlação com as ações estariam aptos a despencar. Portanto, se os EUA entrarem em default em vez de estender o teto da dívida em breve, a perspectiva macroeconômica para os preços das criptomoedas provavelmente será muito baixa.

Por outro lado, a inadimplência dos EUA levaria os mercados financeiros a uma desordem total. Isso poderia fazer com que o Bitcoin parecesse muito melhor em comparação. Na verdade, isso tenderia a apoiar a tese dos permabulls do Bitcoin de que os sistemas financeiros gerenciados centralmente inevitavelmente decepcionam seus usuários com corrupção e má administração.

Portanto, depois de uma queda inicial nos preços das criptomoedas, enquanto os mercados se afastam do risco, o Bitcoin pode conseguir algumas pernas para uma forte corrida de alta. Isso é o que aconteceu após a série de grandes falências bancárias em março.

Artigo escrito por Wesley Messamore, publicado em Crypto Potato e traduzido e adaptado por @rodrigo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lula imposto sobre o Bitcoin
Criptomoedas

Governo Lula quer aumentar para 22,5% os impostos para todos os usuários de Bitcoin no Brasil

O governo Lula anunciou que pretende aumentar os impostos para todos os usuários de criptomoedas em até 22,5%. Segundo o governo, a proposta não é criar um novo imposto, mas aumentar ainda mais as taxas para os usuários que possuem criptoativos. A ideia é ‘fechar o cerco’ com àqueles que estão usando criptoativos para driblar […]

Leia Mais
Halving do Bitcoin
Criptomoedas

O halving do Bitcoin está cada vez mais próximo, com menos de 2.900 blocos restantes

No momento, restam menos de 2.900 blocos até o próximo halving do Bitcoin. Para compreender o conceito de halving, é bom entender primeiro como surgem os novos bitcoins, principalmente por meio do processo de mineração de bitcoins. Isso envolve entidades, conhecidas como mineradores, que validam blocos repletos de transações que aguardam confirmação. Em sua busca […]

Leia Mais
União Europeia ALM Criptomoedas
Criptomoedas

Novas leis contra lavagem dinheiro da UE visam transações em criptomoedas

Como parte das novas leis contra lavagem de dinheiro, o Parlamento da União Europeia proibiu carteiras de criptografia de autocustódia não identificadas para transações na região. A proibição tem como alvo as transações anônimas em dinheiro que excedam € 3.000 e as carteiras de auto-custódia em várias plataformas. Em uma publicação recente nas redes sociais, […]

Leia Mais