quarta-feira, setembro 28, 2022

Pai perde o direito de ver filho no Canadá por não estar vacinado

No Canadá, um pai que não foi vacinado contra a Covid-19 perdeu temporariamente o direito de ver seu filho, de 12 anos. O juiz da província do Québec determinou que a visita do pai nesse momento não seria “o melhor” para a criança.

Essa decisão ocorreu depois de um pedido do pai para que seu tempo de visitação fosse estendido durante as festas de final de ano. A decisão judicial suspende os direitos de visita até fevereiro, a não ser que o pai se vacine.

Até o momento, esse é o primeiro caso de perda de direitos do tipo por motivos de não vacinação no Canadá.

Havia uma oposição da mãe para com o pedido inicial do pai que pedia pela extensão do tempo de visita. Com isso, ela disse a Justiça que descobriu que o seu ex-marido não havia se vacinado, mostrando as várias postagens feitas por ele contra a vacina nas redes sociais.

Nessa mesma província do Canadá onde ocorreu esse fato, as autoridades anunciaram que pretendem cobrar “imposto de saúde” de pessoas que não tomarem a vacina.

APOIE GAZETA LIBERTÁRIA

Contamos com a generosidade de nossos doadores para tornar tudo isso possível. Desejamos publicar nosso conteúdo diariamente para todos, semeando o libertarianismo. Apoie nosso grupo de escritores. 

CONTRIBUIR

spot_img

CONFIRA