Projeto de Lei de Kim Kataguiri propõe proibição de moeda única do Brasil com outros países

Deputado Kim Kataguiri propõe proibição de moeda única entre Brasil e outros países

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

O deputado Kim Kataguiri (União-SP) propôs o Projeto de Lei Complementar (PLP) 11/23, que proíbe o Brasil de adotar uma moeda comum com outros países ou organismos internacionais. A proposta tramita na Câmara dos Deputados.

Contra-ataque a moeda única do Mercosul

O projeto do deputado Kataguiri foi criado em reação a ideia proposta pelos governos do Brasil e da Argentina, nas figuras de Lula e Juarez Fernandez respectivamente, que propõe uma moeda única para o Mercosul.

Após reações contrárias a moeda única, Lula e Juarez Fernandez voltaram um pouco atrás e propuseram que inicialmente seria uma moeda comercial usada entre os membros do Mercosul. Podendo se tornar uma moeda única dos países que compõem tal mercado futuramente.

Para Kataguiri, ao defender essa proposta o governo age de forma ideológica e sem embasamento técnico.

“É uma temeridade querer instituir uma nova moeda apenas por questões de afinidade ideológica, sem maior estudo a respeito de viabilidade técnica. É necessário que o Congresso Nacional aja a fim de evitar que o bem-estar econômico brasileiro seja colocado em risco apenas por conta de uma pauta radical do governo”

afirmou o deputado

Endosso ao Real Digital

Além de proibir a adesão de uma moeda única para o Brasil e outros países, o projeto proposto por Kataguiri permite ao Banco Central emitir moeda de circulação estritamente eletrônica ou moedas válidas em regiões determinadas do território nacional, com o fim de fomentar a economia local.

Apesar de Kataguiri acertar em se opor a ideia de uma moeda comum entre o Brasil e outros países, ele erra ao propor medidas que irão dar mais poder ao Banco Central em detrimento as liberdades dos indivíduos.

O verdadeiro problema

Por mais que Kim Kataguiri esteja correto em se opor a ideia de uma moeda única, ele erra ao não focar no âmago do problema. É verdade que uma moeda única a nível continental é pior que uma moeda única a nível nacional.

No entanto, o monopólio do estado sobre a emissão da moeda de curso forçado, inclusive a nível nacional (como é o caso do Real) também não deixa de ser um problema tanto ético quanto econômico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sinais eletromagnéticos no cérebro
Política

A “Síndrome de Havana” é uma agressão russa ou outra teoria da conspiração da mídia?

Na noite de domingo, o programa 60 Minutes da CBS publicou um segmento sobre a série de episódios médicos misteriosos sofridos por oficiais de inteligência dos Estados Unidos e funcionários do governo que receberam o apelido de “Síndrome de Havana”. Por quase uma década, as autoridades e suas famílias relataram ouvir sons repentinos de zumbidos […]

Leia Mais
Lula Macron Urânio
Política

Governo Lula assina acordo com a França para explorar urânio no Brasil

Representantes dos governos brasileiro e francês assinaram nesta quinta-feira (28), em Brasília, um acordo que prevê colaboração para geração de energia nuclear. Segundo reportagem da CNN, um dos destaques do texto do acordo é um entendimento para a exploração de reservas de urânio no Brasil. O acordo é de grande interesse para o governo francês, […]

Leia Mais
Lula e Maduro
Política

De forma inesperada, governo Lula endurece o tom contra governo Maduro na Venezuela

De forma inesperada, O governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) endureceu o tom com o governo venezuelano de Nicolás Maduro, tradicional aliado das gestões petistas. A repreensão do governo foi feita por meio de uma nota divulgada na última terça-feira (26/3), pelo Itamaraty, onde foi manifestada uma preocupação com o andamento das eleições […]

Leia Mais