Regulações afetam Bittrex e Bitfinex em Nova Iorque

As duas exchanges parecem estar adotando uma abordagem mais séria para avaliar os clientes na sequência de suas respectivas dificuldades regulatórias.

A Bitfinex, a exchange que está disputando com o Procurador Geral de Nova Iorque, tem bloqueado ativamente contas à medida que busca informações de certos usuários. Dois dias atrás, um usuário usou o Reddit para compartilhar um e-mail da Bitfinex no qual a empresa pedia ao cliente para compartilhar informações adicionais sobre sua conta, incluindo “uma explicação clara e detalhada de … atividade e objetivos.”

A empresa também pediu por uma “varredura do seu documento de identificação emitido pelo governo atual e uma imagem de você segurando seu documento com foto.” O inquérito da Bitfinex vem semanas depois que a empresa recebeu uma ordem judicial da Procuradoria Geral de Nova Iorque (NYAG) acusando a exchange de cobrir uma perda de US$ 850 milhões e atendendo ilegalmente clientes no estado de Nova York. O diretor de tecnologia da Bitfinex, Paolo Ardoino, disse que a empresa está investigando as contas desde antes de a NYAG lançar sua investigação, observando que a empresa está “sempre trabalhando duro para melhorar nossos controles”.

Ardoino descreveu as “ameaças” que desencadeariam essa investigação, que inclui lavagem de dinheiro, carteiras suspeitas, usuários residentes em jurisdições não permitidas, perfis de atividades suspeitas.

“Nós sempre executamos esses procedimentos desde o início do Bitfinex e estamos sempre trabalhando duro para melhorar nossos controles e isso vai muito além do inquérito da NYAG”, disse Ardoino. Ainda assim, o escritório da NYAG tem motivos para acreditar que vários traders de Nova York fazem transações na plataforma da empresa, apesar de a Bitfinex dizer em 2018 que não atenderia mais a clientes lá.

Outra exchange, a Bittrex, também parece estar aumentando o rigor pedindo aos usuários para que preencham um formulário de conformidade com informações pessoais para continuar usando a exchange, de acordo com um usuário do Twitter que postou o formulário.

O formulário Bittrex inclui pedidos de comprovação de emprego e renda de aposentadoria, bem como verificação de transações. Um porta-voz da Bittrex não respondeu a um pedido para confirmar a veracidade do formulário de conformidade. A Bittrex foi recentemente chamada pelo Departamento de Serviços Financeiros de Nova Iorque (NYDFS), que negou o pedido de um BitLicence para operar em Nova York. De acordo com o NYDFS, o Bittrex permitia que usuários de nações sancionadas, especificamente a Coréia do Norte e o Irã, fizessem transações em sua plataforma. Bittrex negou a credibilidade das descobertas da agência.

Fonte: The Block Crypto


Leia também:
Binance tenta se adequar às regulações dos EUA
Lituânia fará controle mais rígido das exchanges
Malta deve reforçar a vigilância contra lavagem de dinheiro
LocalBitcoins é obrigada a parar com transações locais com dinheiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tomate
Economia

Saboreie o gosto da Independência, cultive-a você mesmo!

Cultivar os seus próprios tomates pode ser muito mais gratificante do que o doce sabor da sua colheita. Os benefícios adicionais tradicionais fazem com que muitos de nós regressem estação após estação. Se é um jardineiro, conhece a grande sensação de agir diretamente sobre a natureza para produzir os alimentos que come. Cultivar tomates leva-o […]

Leia Mais
MP da tarifa de luz
Economia

Segundo ex-diretor da Aneel, MP assinada por Lula para baixar a conta de energia terá efeito contrário

Segundo Edvaldo Santana, ex-diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica, a medida provisória para baixar o valor da conta de luz, assinada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva na terça-feira (9), tem dispositivos que levarão ao efeito contrário. Segundo Edvaldo Santana e outros especialistas, haverá um aumento da tarifa para os consumidores. A MP […]

Leia Mais
Liga Hanseática
Economia

A Liga Hanseática: Um “Império” do Comércio

Era uma vez um fenômeno medieval do norte, tão sujeito a mitos universais e curiosidade quanto o das encantadoras cidades-república florescentes do sul: a Liga Hanseática dos séculos XIII ao XVI. “O Hansa” (alemão antigo para “associações”) ou “A Liga”, como era conhecido, começou como um tratado entre Lübeck e Hamburgo “para limpar a estrada […]

Leia Mais