Sobre o crash no mercado de criptomoedas

Sobre o crash do mercado de criptomoedas

Começamos o ano de 2022 com uma volatidade abrupta no mercado de criptomoedas, e mais recentemente um forte crash que acabou pegando muita gente de surpresa, principalmente, aqueles que não estavam preparados para momentos como esse. Sobrou até para o Bitcoin, principal criptoativo, que acabou levando consigo o resto das altcoins para baixo.

São diversos os fatores para essa queda violenta de preços,que vão desde uma reversão de política monetária do FED, a um possível conflito bélico entre a Rússia e a Ucrânia. No entanto, há algo mais impactante que esses dois motivos para essa derrocada, e tem a ver com o psicológico de muitos investidores.

Há um ditado que diz, “nunca invista em algo que você não entende”, e realmente, ele faz todo sentido quando o assunto é investimento. Infelizmente, muitas pessoas entram no mercado por pura euforia achando que vão ficar ricas da noite para o dia, mas a realidade é bem diferente disso.

Quando o Bitcoin, o Ether e outras altcoins, atingiram suas máximas em novembro de 2021, acabou atraindo para este mercado pessoas que nunca haviam comprado criptomoedas na vida, eufóricas com uma possível continuação de alta no curto prazo e se esquecendo de estudar os ativos e os riscos dos mesmos, e isso quando se trata de investimentos, pode ser um ‘’golpe fatal’’.

Se a pessoa comprou apenas porque ‘’achou que ia subir’’, na primeira vez que o ativo cair, ela irá vender, e isso ocorre com muita gente que entra no mercado com esse tipo de pensamento. Como diz um outro ditado ‘’ o mercado transfere dinheiro dos impacientes para os pacientes’’, e isso acaba sendo verdade quando analisamos a história do Bitcoin e de outros ativos.

A melhor coisa a se fazer quando se trata do Bitcoin, é entender os fundamentos por trás, e o porquê dele ser tão importante para o sistema monetário mundial. Investidores que apostam‘’todas as fichas’’ com muita sede ao pote e não estão preparados para uma grande oscilação de preços, tendem a acabar no prejuízo. E estes mesmos investidores, cedo ou tarde, são empurrados para fora do mercado e o que resta é a lamentação.

É óbvio que o sonho de todo investidor é ‘’ comprar na baixa e vender na alta’’, mas acertar esse timing não é fácil, ainda mais se tratando de uma classe de ativos extremamente volátil. Por isso muitos optam pelo famoso ‘’Hodl’’, estratégia adotada por uma grande parte dos Bitcoiners e que vem dando bom resultado há um tempo. O que deve ficar de lição para muitos investidores nesse início de ano, é mais cautela, mais conhecimento e menos empolgação.

Evitar se juntar a ‘’manada’’ é fundamental nesses momentos, como diz Warren Buffett: ‘’seja medroso quando os outros forem gananciosos, e ganancioso quando os outros forem medrosos’’.

  • Precisa aprender mais sobre as criptomoedas ou melhorar seus conhecimentos? Leia nosso guia e aprenda mais sobre está tecnologia que que possibilita maior liberdade financeira para você!
  • Ainda não comprou Bitcoin? Se inscreva na CoinEx e compre Bitcoin e outras criptomoedas com as menores taxas e praticidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pavel Durov
Criptomoedas

O CEO do Telegram, Pavel Durov, diz que mantém algumas centenas de milhões de dólares em bitcoin há 10 anos

Durante uma entrevista com Tucker Carlson, que foi ao ar na terça-feira, o cofundador e CEO do Telegram, Pavel Durov, disse que manteve algumas centenas de milhões de dólares em moeda fiduciária ou bitcoin nos últimos 10 anos. Em resposta a uma pergunta sobre o fato de a plataforma de mensagens criptografadas não aceitar dinheiro […]

Leia Mais
Lula imposto sobre o Bitcoin
Criptomoedas

Governo Lula quer aumentar para 22,5% os impostos para todos os usuários de Bitcoin no Brasil

O governo Lula anunciou que pretende aumentar os impostos para todos os usuários de criptomoedas em até 22,5%. Segundo o governo, a proposta não é criar um novo imposto, mas aumentar ainda mais as taxas para os usuários que possuem criptoativos. A ideia é ‘fechar o cerco’ com àqueles que estão usando criptoativos para driblar […]

Leia Mais
Halving do Bitcoin
Criptomoedas

O halving do Bitcoin está cada vez mais próximo, com menos de 2.900 blocos restantes

No momento, restam menos de 2.900 blocos até o próximo halving do Bitcoin. Para compreender o conceito de halving, é bom entender primeiro como surgem os novos bitcoins, principalmente por meio do processo de mineração de bitcoins. Isso envolve entidades, conhecidas como mineradores, que validam blocos repletos de transações que aguardam confirmação. Em sua busca […]

Leia Mais