Milo Yiannopoulos foi banido da Coinbase, uma das maiores plataformas de comércio de criptomoedas dos Estados Unidos. O polemista teve sua conta banida em apenas três minutos, o que mostra que a empresa poderia ter uma lista negra de antemão.

Milo Yiannopoulos é um comentarista político e escritor que várias vezes se queixou sobre o Islã, ateísmo, feminismo e muitos outros tópicos. A informação foi divulgada há algumas horas por Yiannopoulos nas redes sociais, mas a Coinbase não forneceu nenhuma informação sobre o assunto. Outras redes sociais, como Facebook e Instagram, também o baniram, ao lado de outros indivíduos, como Alex Jones e Louis Farrakhan.

Milo foi banido da Coinbase apenas alguns minutos após abrir uma conta na plataforma. Isso indica que há vários indivíduos que estão na lista negra mesmo antes de ter uma conta criada. Além disso, a Coinbase é uma das exchanges de criptomoedas mais populares em todo o mundo e não está permitindo que alguns usuários tenham acesso a ativos digitais.

Existem outras carteiras que não exigem que os usuários forneçam seus nomes, identidade ou informações para receber e enviar ativos digitais, o que é bom para a privacidade e para proteger os dados dos usuários. Em geral, as exchanges têm bloqueado os Bitcoins e outros ativos digitais relacionados a hacks e ataques de golpistas e fraudadores. Essas plataformas também incluíram endereços de criptomoedas na lista negra.

Fonte: Bitcoin Exchange Guide