Cerca de 30 policiais com algemas chegaram à embaixada venezuelana hoje à tarde. O prédio está sendo ocupado por ativistas há mais de duas semanas e tendo a entrada bloqueada na rua 30th street.

O objetivo deles é prevenir que o representante da oposição apoiado pelos EUA Juan Guaido e o seu governo autoproclamado tome posse do prédio.

A situação em frente da embaixada ficou exacerbada em meio às tensões em Caracas, capital da Venezuela, onde Juan Guaido soltou um vídeo na manhã desta Terça-Feira com um chamado para os militares do país se juntarem ao estágio final da autoproclamada “Operação Liberdade” na base militar de La Carlota com o objetivo de acabar com a “usurpação de poder” do presidente Maduro.

O governo de Maduro tem rebatido as ações de Guaido como as de um pequeno grupo de “traidores militares” que estão procurando “encher o país com violência”, Ele disse depois que quase todos os líderes militares continuaram fiéis, apesar do chamado de Guaido.

Confira a situação de Caracas abaixo:

Fonte: Sputnik