terça-feira, julho 5, 2022

Jogos NFT não funcionam

O mercado dos games NFT está entrando em colapso. Alguns ativos mantiveram seu valor durante o crash das criptomoedas de janeiro, mas não os monstros de Axie Infinity, provando que os jogos NFT não funcionam.

O maior jogo NFT atualmente no mercado é o Axie Infinity , um jogo – semelhante ao Pokémon – no qual os jogadores coletam e batalham contra monstros que se assemelham a salamandras axolotl.

O modelo de negócios do Axie Infinity, e de quase todos os outros jogos de Token não Fungível (NFT), é chamado de “play-to-earn” (jogar para ganhar). Nesses jogos, todos os jogadores devem começar comprando personagens NFT em um mercado. Os ativos e moedas do game são negociados em exchanges de criptomoedas, então, tudo no jogo vale dinheiro. O custo inicial muitas vezes elevado de comprar no jogo é teoricamente justificado pela oportunidade de ganhar dinheiro jogando.

Os investidores da Web3 estão realmente empolgados com as perspectivas de games como esse. O cofundador do Reddit, Alexis Ohanian, que é investidor da Axie Infinity, acredita que os jogos play-to-earn serão 90% do mercado de jogos em cinco anos. E a Sky Mavis, desenvolvedora de Axie Infinity, teve a sorte de estar à frente da concorrência. Seu jogo NFT foi lançado em 2018 e estava ativo e operacional quando os NFTs explodiram em popularidade e os investidores decidiram apostar que a blockchain era o futuro dos jogos.

Como resultado de ser pioneiro no ramo, este pequeno estúdio independente conseguiu arrecadar US$ 150 milhões em financiamento em outubro de 2021, com uma avaliação de US$ 3 bilhões. Na mesma época, a Sky Mavis anunciou um tremendo crescimento de assinantes de seu jogo, que explodiu no terceiro trimestre de 2021 para mais de dois milhões de usuários ativos diariamente. Em dezembro, Axie Infinity Shards (ASX), o token de governança do jogo, tinha uma capitalização de mercado maior que a da editora francesa de games Ubisoft, que desenvolve os jogos Assassin’s Creed, Far Cry e Watch Dogs. Em julho, um único monstro raro Axie foi vendido por 369 Ethers, no valor de mais de US$800.000 no momento da venda. Um terreno raro no jogo foi vendido por 550 Ethers (US$ 2,5 milhões), apesar do fato de os recursos de jogabilidade usando terrenos no game ainda não estarem disponíveis.

No entanto, alguns grandes problemas surgiram no Axie Infinity: O valor de uma moeda do jogo chamada Smooth Love Potions (SLP) caiu de sua alta, acima de US$ 0,40, para cerca de US$ 0,01 em janeiro de 2022, inferior ao seu preço um ano antes, quando poucas pessoas tinham ouvido falar de NFTs e o jogo em si tinha apenas cerca de 50.000 jogadores ativos. Este é um grande problema para o Axie Infinity, porque o objetivo é “jogar para ganhar” e o SLP é a moeda que você ganha jogando. Como resultado da queda dos valores, o volume de transações dos ativos da Axie pode ter caído até 70% em relação ao seu pico em apenas alguns meses. O preço mínimo dos personagens mais baratos do Axie caiu para cerca de US$ 30 em janeiro de 2022, o que sinaliza que os usuários estão despejando seus ativos, já que geralmente custa mais do que isso para cunhar um dos personagens. AXS, o token de governança, perdeu mais de 40% de seu valor desde o Natal, uma perda de bilhões de dólares.

Observando o que está acontecendo de errado com Axie Infinity, podemos ver como o modelo de negócios play-to-earn tem grandes problemas sem soluções claras.

NFTs de jogos não são como outros NFTs

NFTs são tokens exclusivos em uma blockchain que são anexados a ativos digitais, geralmente imagens. Em alguns casos, essas imagens são obras de arte, e o detentor do token é considerado o proprietário da obra digital. Em outros casos, o NFT serve como uma chave ou como uma associação de um clube. Por exemplo, a popular coleção NFT do Bored Ape Yacht Club tem grupos de bate-papo exclusivos no Discord, onde os proprietários do Ape podem interagir com celebridades e influenciadores de criptomoedas. A equipe do Bored Ape lançou novos NFTs como presentes gratuitos para os proprietários de sua coleção original de NFT e organizou um evento ao vivo do Ape Fest em Nova York no verão de 2021, com festas que apenas os proprietários do Bored Ape poderiam participar.

Se essas vantagens justificam os preços de arregalar os olhos com os quais esses NFTs são negociados, isso é discutível, mas há um argumento de que os preços dos NFTs mais cobiçados são justificados pela possibilidade de airdrops valiosos ou outros benefícios. Esses são investimentos especulativos e as pessoas que os compram têm teorias sobre por que eles podem ser mais valiosos em alguma data futura do que são hoje. Os Apes pareciam inteligentes em janeiro de 2022, já que o preço mínimo dos ativos mais baratos da coleção continuava a subir, enquanto o setor de criptomoedas mais amplo sangrava mais de US$ 1 trilhão.

Mas os NFTs de jogos play-to-earn estão parecendo muito mais burros. Elas não são obras de arte. Elas não são associações de clube. Elas não são símbolos de status. Eles são itens em um jogo, e o jogo é sobre dinheiro. Os personagens NFT são valiosos porque podem lhe render dinheiro. Assim, o valor do NFT é baseado em sua capacidade de produzir recursos no jogo que também têm valor monetário: quanto ele pode lhe render no game pay-to-earn? Quão rápido seu investimento inicial pode se pagar e começar a lhe dar lucros através do jogo? E o que acontece com seu investimento se suas expectativas sobre essas coisas estiverem erradas?

Aqui está como deve funcionar.

A economia do Axie

Os recursos no Axie Infinity como existem atualmente são: Monstros Axie; Criptomoedas AXS, algumas das quais são concedidas como prêmio aos melhores jogadores competitivos, mas que todos os outros jogadores só podem adquirir comprando; e SLP, que é uma moeda de recompensa no jogo também negociada em exchanges de criptomoedas. A maneira como os jogadores podem ganhar dinheiro no jogo é vendendo seu SLP extra.

Um monstro Axie é como um Pokémon, e as batalhas Axie são semelhantes às batalhas Pokémon, mas cada monstro está conectado a um token e pode ser vendido em exchanges de criptomoedas. Para jogar, você precisa de pelo menos três deles, e você tem que começar comprando seus monstros com dinheiro real de outros jogadores – não há nenhum professor de Pokémon para lhe dar um monstro inicial e você não pode pegar nada no jogo.

Novos Axies são produzidos apenas pelo “cruzamento” de Axies existentes. Quando se cruza dois Axies, eles produzem um ovo que chocará após 5 dias em um novo monstro NFT com uma mistura de características herdadas dos pais e possivelmente algumas mutações aleatórias. A reprodução de Axies custa uma taxa que deve ser paga em tokens AXS, bem como uma quantidade variável de SLP, dependendo de quantas vezes os Axies pais produziram descendentes anteriormente.

Então, para produzir um novo personagem NFT, você tem que pagar uma taxa que costuma ficar entre $30 e $80 em criptomoeda, dependendo do preço do AXS no momento, além de uma quantidade de SLP que representa horas de tempo gasto jogando e valendo o que tem sido, em certos pontos, uma quantidade significativa de dinheiro real. Produzir a prole também deprecia o valor dos Axies progenitores, porque o custo SLP de gerar um Axie aumenta cada vez que ele é criado e, após cruzar sete vezes, os Axies não podem mais produzir descendentes.

As coisas mais importantes sobre a criação de Axie é que é uma atividade cara e arriscada, e também a única atividade no jogo que remove a moeda SLP de circulação.

O SLP é um “token de utilidade ilimitado”, o que significa que é uma criptomoeda concedida por concluir tarefas no jogo e não há limite de quanto pode ser produzido. Quase todas as recompensas do jogo são pagas em SLP. Esta é uma maneira elegante de dizer que é uma moeda do jogo, como ouro em World of Warcraft ou sinos em Animal Crossing.

Os jogadores ganham SLP ao vencerem batalhas contra outros jogadores no modo arena e por limpar níveis cheios de inimigos controlados por computador no modo aventura. Cada jogador pode ganhar 100 SLP por dia no modo aventura e mais 50 SLP por completar uma missão diária que requer completar alguns níveis de aventura e vencer alguns jogos de arena. Acima desse limite, mais SLPs podem ser ganhos ao vencer partidas de arena, e a quantidade de SLP concedida por uma vitória na arena varia dependendo da classificação do jogador. Jogadores medianos a decentes receberão de 6 a 12 SLPs por vitória, enquanto os melhores jogadores podem ganhar até 24 por cada vitória.

A recompensa por coletar monstros Axie poderosos (portanto, caros) e estar entre a pequena parcela dos melhores jogadores é que você obtém mais SLP por vencer partidas de arena. Tudo no jogo é recompensado com SLP e o benefício de progredir (ou de gastar muito dinheiro) é a capacidade de obter maiores quantidades de SLP pelo tempo gasto jogando. Obter o máximo de SLP possível é o objetivo do jogo. Portanto, se o SLP não tem valor, os ativos NFT, valorizados por causa de sua capacidade de ganhar SLP, também não têm.

Um jogador com um time básico de monstros, recebendo recompensas modestas de vitórias na arena com uma classificação média pode ganhar cerca de 220 SLPs por dia, jogando por cerca de três horas. Um jogador altamente classificado pode ganhar mais de 800 SLPs se jogar por seis ou oito horas. Com um valor de US$ 0,35 por SLP, os 220 SLPs que o jogador casual pode ganhar vale cerca de US$ 75. Se o SLP vale US$ 0,01, 220 SLPs valem apenas US$ 2,20.

Por que o SLP caiu?

Eis como “jogar para ganhar” funciona no mundo real: Mais de 40% de todos os jogadores ativos do Axie Infinity estão nas Filipinas, onde o PIB per capita é de cerca de US$ 3.300 por ano. A segunda maior concentração de jogadores do Axie está na Venezuela, onde a economia está em completo colapso desde 2013 e a moeda local se tornou quase inútil pela hiperinflação. Apenas cerca de 6% dos jogadores do Axie Infinity vivem nos Estados Unidos. Tem sido difícil para jogos como Axie Infinity adquirirem jogadores nos países desenvolvidos porque muitos desprezam as NFTs e esses games parecem e funcionam como aplicativos gratuitos de celular ou navegador, mas exigem que os jogadores comprem centenas de dólares em NFTs para começar.

A maioria dos jogadores de países menos desenvolvidos obtém acesso ao jogo por meio de “bolsas de estudo”, acordos em que um gerente – às vezes um jogador de país desenvolvido com uma grande quantidade de monstros extras e, às vezes, um crypto investidor que está especulando sobre os ativos da Axie – empresta a um jogador uma equipe de monstros Axie para jogar em troca de uma parte de seus ganhos SLP. Esses “bolsistas” não estão procurando criar grandes coleções ou subir na escala competitiva. Eles não estão realmente encarando o Axie Infinity como jogadores ou investidores – eles estão sendo contratados como trabalhadores. Eles coletam os cerca de 220 SLPs que um jogador com uma equipe relativamente barata de monstros NFT pode obter todos os dias para conseguirem 100 SLPs diários do modo aventura, vencendo algumas partidas na arena e ganhando 50 SLPs por completar a tarefa diária. Eles nunca geram novos Axies; a moeda que eles ganham é sempre vendida rapidamente em exchanges de criptomoedas.

O apelo deste acordo tanto para investidores quanto para “bolsistas” é claro quando o SLP vale muito dinheiro: se jogar gera US$ 70 em SLP por dia e o investidor recebe 30% dos lucros e paga 70% ao “bolsista”, então o investidor recebe um retorno semanal de US$ 147 sobre uma equipe de personagens NFT que pode ter custado cerca de US$ 800 quando os ativos estavam perto de seu pico, e o “bolsista” ganha US$ 343 por semana em um país onde o salário mínimo é de cerca de US$ 7 por dia. Os jogadores nas Filipinas que entraram no jogo quando estava em alta no verão de 2021 puderam comprar casas com os lucros de seus jogos.

Mas as economias dos games não funcionam como economias reais, onde os pagamentos em moeda vêm de uma oferta monetária finita e circulante. Em vez disso, as moedas do jogo são criadas sempre que alguém ganha uma recompensa — no caso de Axie Infinity, limpando níveis de aventura, vencendo partidas de arena ou completando suas missões diárias, e a moeda do jogo é excluída quando é gasta em uma “sink” — Alguma atividade que induz os jogadores a devolverem a moeda ao jogo. No caso de Axie, a “sink” do SLP é gerar novos monstros.

Muito mais SLP está sendo produzido do que está sendo gasto na reprodução de Axies. Apenas 5% dos jogadores já geraram Axies, e apenas 5% deles o fazem novamente em meses consecutivos. Uma grande porcentagem da base de jogadores está criando SLP através de sua jogabilidade e, em seguida, colocando-o no mercado, enquanto uma quantia muito menor da base de jogadores está consumindo SLP criando Axies. Cerca de 250 milhões de SLP são produzidos a cada dia, enquanto apenas 50 milhões são usados ​​para reprodução. Isso cria um superávit mensal de 6 bilhões de SLP, uma receita para uma inflação maciça. Por um tempo, os investidores especuladores estavam abocanhando a moeda, percebendo-a como uma maneira barata de investir no futuro dos jogos NFT. Mas, à medida que os trabalhadores dos países em desenvolvimento souberam dos lucros inesperados que poderiam colher do game e começaram a cultivar SLP, o volume de SLP produzido disparou, esses investidores viram suas participações desvalorizarem pela enxurrada de moeda que inundava o mercado.

Embora a base de jogadores do game parecesse crescer no outono passado, o crescimento foi impulsionado quase inteiramente por novos “bolsistas” nos países em desenvolvimento que se juntaram ao jogo para conseguir o SLP e vender em mercados de criptomoedas, e cada um desses jogadores estava contribuindo para o excesso de oferta da moeda e baixando seu preço. Como esses jogadores não estavam tentando construir grandes coleções, eles não estavam criando muita demanda por novos Axies, então não havia incentivo para os jogadores criá-los. A Sky Mavis tentou regular a economia do jogo aumentando o custo SLP de reprodução e reduzindo a taxa do ASX, mas não foi suficiente para equilibrar a oferta e a demanda.

O crescimento explosivo de usuários do jogo em 2021 foi quase inteiramente impulsionado por trabalhadores nos países em desenvolvimento usando ativos NFT emprestados para adquirir moeda para vender a investidores que estavam investindo no jogo porque estavam empolgados com o crescimento de usuários. Era um castelo de cartas. E, como o valor do SLP produzido pela conclusão de tarefas diárias caiu abaixo do salário mínimo nas Filipinas, muitos desses jogadores pararam de fazer login.

O problema com ‘jogar para ganhar’

Por sua vez, a Sky Mavis está divulgando vários recursos futuros que os desenvolvedores acreditam que continuarão a impulsionar o crescimento. Eles estão preparando uma grande atualização para o sistema de batalha, um modo de jogo projetado em torno dos ativos terrestres do game e um sistema para atualizar monstros Axie. Todos esses recursos provavelmente fornecerão novos usos no jogo para a moeda SLP, aumentando assim a demanda por ela. O cofundador da Sky Mavis, Jeff “JiHo” Zirlin, disse no Discord que um “sumiço experimental” para recursos excedentes chegará mais cedo do que a atualização principal, e em janeiro a Sky Mavis anunciou um evento especial que permite aos jogadores “liberarem” Axies – excluindo permanentemente seus personagens NFT – em troca de itens cosméticos que também estão vinculados a NFTs, que os jogadores poderão colocar em suas terras no modo de jogo terrestre ainda não lançado. Isso apenas sustentou brevemente o preço mínimo para os monstros menos desejáveis. Declarações dos desenvolvedores consideraram a volatilidade dos mercados do Axie como uma função do rápido crescimento do jogo e do seu sucesso.

Além disso, a Sky Mavis está planejando uma experiência renovada para novos jogadores que permite que eles usem monstros Axie “iniciais”, não da blockchain, para que os jogadores possam experimentar o jogo sem ter que comprar personagens NFT, o que os desenvolvedores esperam que ajude a atrair mais novos jogadores. Em outras palavras, Sky Mavis está lidando com o fato de que seu modelo atual é insustentável, transformando Axie Infinity em um jogo substancialmente diferente.

O interesse dos desenvolvedores em fazer grandes mudanças em seu jogo para tentar resolver problemas estruturais ganhou aplausos de analistas da indústria de criptomoedas, e a Sky Mavis tem um enorme baú de dinheiro de seus ​​investidores e interessados. Quando o volume de transações era alto, a Sky Mavis ganhava milhões de dólares por dia com os 4,25% de cada transação NFT que coletava, por isso tem a capacidade de contratar muitos designers de jogos experientes, economistas e outros especialistas para tentar resolver os problemas com seu jogo e criar novos recursos atraentes.

Mas com o SLP sendo vendido abaixo de US$ 0,01 e as mudanças do jogo a meses de distância, os jogadores estão olhando para outros games NFT na esperança de encontrar um melhor retorno sobre seus investimentos. Alguns jogadores estão mudando para um jogo de corrida de cavalos chamado PegaXY, que tem uma economia semelhante a do Axie Infinity, com uma moeda de jogo ilimitada usada para cunhar novos personagens NFT. Sua principal inovação é que ele formaliza os acordos de “bolsas de estudos” entre investidores e jogadores de países em desenvolvimento e os apoia com sistemas de  “confiança” ou “desconfiança” que facilitam o aluguel de seus personagens NFT extras. Como o retorno dos investidores sob este sistema não depende de os trabalhadores serem confiáveis ​, os termos dos acordos de “bolsas” neste jogo são mais favoráveis ​​aos investidores. Ao invés de tentar realinhar os incentivos da economia do jogo para desencorajar tal comportamento, os novos jogos NFT parecem aceitar que é assim que o play-to-earn vai funcionar, e estão tentando torná-lo mais lucrativo para os investidores às custas dos trabalhadores.

À medida que o setor evolui para apoiar esse tipo de jogo, a estratégia ideal para esses games não é “jogar para ganhar” e nem envolve jogá-los. Em vez disso, os investidores nos países ricos especularão sobre as moedas e ativos do game enquanto terceirizam o jogo real para trabalhadores dos países em desenvolvimento que recebem menos de US$ 1 por hora para gerar moeda até que a inflação maciça causada pelo excesso de oferta torne-a inútil, momento em que todos migram para outro jogo para repetir o ciclo e as pessoas que investiram demais nos ativos NFT do antigo jogo perdem muito dinheiro.

Nenhum desenvolvedor de games NFT apresentou nada que pareça provável para resolver o problema fundamental do modelo de jogar para ganhar: sempre que a moeda em um jogo aumenta de preço para que tenha um valor substancial em dinheiro real – seja por causa do hype em torno de um novo jogo, ou interesse do investidor em um título, ou por causa de novos recursos em um jogo existente, como aqueles que Sky Mavis espera reverter a sorte do Axie Infinity – a demanda pelo recurso cria um incentivo para que os trabalhadores dos países em desenvolvimento aumentem no jogo em grande número para cultivar a moeda até que a oferta disponível supere a demanda e o preço caia novamente. O mercado para qualquer moeda gerada em função do tempo gasto pelos jogadores em um jogo só alcançará o equilíbrio quando o preço da moeda for avaliado com base no preço do tempo para os jogadores cuja mão-de-obra é mais barata, e para os jogadores dos países em desenvolvimento, são centavos por hora. 

E os desenvolvedores não podem controlar o fornecimento de moeda tomando medidas para punir os padrões de jogabilidade típicos dos jogadores dos países em desenvolvimento, porque a maior parte da base de usuários do jogo desapareceria instantaneamente se os desenvolvedores se livrassem deles. Essas medidas também impediriam que novos jogadores entrassem no jogo, porque cortar recompensas para pessoas que jogam como “bolsistas” tornaria difícil ou impossível para qualquer jogador que entrasse no jogo com uma coleção modesta recuperar seu investimento inicial ou expandir suas coleções através do jogo.

Além disso, os modelos de play-to-earn exigem um crescimento constante de usuários. A economia de dinheiro real de um jogo como Axie Infinity é de soma zero – nenhum dinheiro é produzido dentro do jogo, então o único dinheiro que alguém pode tirar do jogo é o dinheiro que outra pessoa colocou nele. O objetivo de todos no jogo é ganhar dinheiro; eles estão todos “jogando para ganhar”, mas os únicos jogadores que investem mais dinheiro no jogo do que esperam tirar dele são os novos jogadores que precisam comprar coisas para começar. Quando não há pessoas suficientes comprando mais do que vendendo, a economia do jogo entra em colapso.

Pode ser possível conceber um modelo de play-to-earn que recompense jogadores casuais ou “menos investidos” sem criar incentivos econômicos para que as pessoas joguem de maneiras que, inevitavelmente, acabem com o valor da moeda de recompensa. Mas os maiores editores de jogos já tentaram e não conseguiram descobrir maneiras sustentáveis ​​de introduzir dinheiro real nas economias de jogador-para-jogador dos games, e a tecnologia blockchain não faz nada para resolver os motivos pelos quais os esforços anteriores falharam. Os desenvolvedores de jogos NFT e seus investidores podem estar subestimando os problemas inerentes a esse modelo de negócios. Todo o conceito de “play-to-earn” é construído com base na premissa de que as moedas dos games podem ser reservas de valor de dinheiro real, portanto, se desenvolvedores como Sky Mavis não conseguirem descobrir como impedir que o que aconteceu com o SLP continue a acontecer com moedas de recompensas, então “jogar para ganhar” não vai funcionar.

Autor: DANIEL FRIEDMAN. Texto traduzido e adaptado por Gazeta Libertária.

APOIE GAZETA LIBERTÁRIA

Contamos com a generosidade de nossos doadores para tornar tudo isso possível. Desejamos publicar nosso conteúdo diariamente para todos, semeando o libertarianismo. Apoie nosso grupo de escritores. 

CONTRIBUIR

SourceReason

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

CONFIRA