Revoltas no Quênia contra a lei de aumento de impostos de US$ 2,7 bilhões resultam em dezenas de mortos

Revolltas no Quênia

Os aumentos de impostos e a forma como os governos os implementam voltaram a ser relevantes. A introdução de um projeto de lei de aumento de impostos no Quênia, com o objetivo de obter uma receita tributária adicional de US$ 2,7 bilhões, acendeu uma chama que levou os jovens quenianos a se revoltarem, protestando contra sua implementação nas ruas.

De acordo com relatos, a intensidade e a relevância dos protestos aumentaram até que centenas de pessoas tentaram acessar o Parlamento em Nairóbi, onde as forças policiais quenianas dispararam munição real para impedir os tumultos. Os protestos resultaram na morte de 23 pessoas, na prisão de dezenas de cidadãos e em centenas de feridos, pois o movimento buscava bloquear a assinatura do projeto de lei.

O projeto de lei, se aprovado, teria colocado mais pressão econômica nos bolsos dos quenianos, impondo impostos sobre serviços e itens do cotidiano, como dados da Internet, combustível, transferências bancárias e até mesmo fraldas. Isso irritou os quenianos, que saíram às ruas para lutar contra esses novos impostos, já que o custo de vida estava projetado para aumentar.

A “rebelião” fez com que o presidente Willian Ruto, um defensor da desdolarização, voltasse atrás, declarando que não assinaria o projeto de lei que ele havia promovido, dizendo, em 26 de junho, que aceitava a rejeição popular a essas medidas. Antes, o governo havia justificado esses aumentos afirmando que esses fundos seriam usados para pagar os juros da dívida nacional e manter o governo funcionando.

No entanto, o movimento crescente agora está buscando mais, pedindo que Ruto deixe o cargo em meio a uma crise que afeta sua credibilidade. Centenas de manifestantes continuaram a tomar as ruas em 27 de junho, reunindo-se em torno da memória dos mortos e cantando “Ruto deve sair”.

Artigo escrito por Sergio Goschenko, publicado em News.Bitcoin.com e traduzido por Rodrigo


One thought on “Revoltas no Quênia contra a lei de aumento de impostos de US$ 2,7 bilhões resultam em dezenas de mortos”

  1. O povo lá está mais esperto que os brasileiros. Aqui os impostos só sobem e o povo só chora e diz amém!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Lei sancionada por Lula pode aumentar os custos com autoescola

O presidente Lula sancionou na última quarta-feira, 15, a lei 14.92/24, que estabelece a idade máxima dos veículos destinados à formação de condutores. Tal medida poderá aumentar os custos das autoescolas, já que elas precisarão trocar os veículos utilizados nos cursos de condução com mais frequência. A lei A lei 14.92/24 estabelece a idade máxima […]

Leia Mais
Economia

Isenção do imposto sobre a carne é derrota de Lula, e não sua vitória

Após a inclusão da carne bovina entre os alimentos isentos de impostos ser aprovada no Congresso, Haddad se manifestou afirmando que a decisão seria uma vitória do presidente Lula. No entanto, falas anteriores de Lula sobre tributar carnes nobres mostram que isso não era uma pretensão do petista. Carne isenta de impostos Na última quarta-feira […]

Leia Mais
Economia

Superpopulação: Um Mito Antigo Refutado

O príncipe Philip disse certa vez: “Caso eu reencarne, gostaria de voltar como um vírus mortal, para contribuir de alguma forma para resolver o problema da superpopulação”. O falecido Duque de Edimburgo faleceu em 2021, mas o sentimento histérico que ele expressou sobre a superpopulação continua vivo. Uma pesquisa da YouGov revelou que as preocupações […]

Leia Mais