Lula continua usando pobres como desculpa para aumentar gastos do governo

Lula

O presidente Lula (PT) continua usando a “ajuda” estatal aos pobres como justificativa para manter os gastos do governo. Em uma declaração feita durante um evento de inauguração de um viaduto em Juiz de Fora (MG), o petista disse que o ajuste fiscal é “necessário”, mas afirmou que não fará cortes de gastos em áreas que possam retroceder agendas sociais, se referindo ao assistencialismo de seu governo.

O petista também afirmou que não tomará medidas que mexam em salário mínimo e benefícios – por exemplo, desobrigando a correção desses valores pela inflação do período. Como já explicado neste site, o salário mínimo apenas aumenta artificialmente os custos trabalhistas, dificultando a contratação dos trabalhadores menos qualificados.

Ainda sobre a inflação, o próprio Lula e seu governo são os responsáveis pelo aumento dela e de suas consequências. O aumento coercitivo do salário mínimo apenas servirá para maquiar os efeitos nocivos de suas políticas econômicas, além das consequências econômicas já citadas.

Enquanto isso, o setor produtivo e o mercado financeiro continuam pressionando o governo federal para realizar um corte de gastos para equilibrar as contas públicas, que estão com um déficit record.

Para aliviar os ânimos do mercado, Lula declarou, durante uma entrevista à rádio Itatiaia, em Belo Horizonte, que não aceita mexer no assistencialismo do governo, mas que está fazendo um pente-fino para avaliar quais estariam recebendo tais assistências indevidamente.

De todo modo, o assistencialismo permanecerá no governo de Lula, já que sua narrativa de “Pai dos Pobres” precisa se manter em pé, caso ele queira garantir sua reeleição.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Aumenta a pressão sobre Biden para que ele repense sua candidatura

Na quarta-feira, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, viu crescer a pressão para que reconsiderasse sua candidatura à reeleição, que é questionada tanto por membros de seu partido quanto por apoiadores importantes, como o ator George Clooney. Em meio à cúpula da OTAN, que de terça a quinta-feira reúne em Washington os chefes de […]

Leia Mais
Política

O Fórum Econômico Mundial ainda está conspirando contra sua liberdade

Em janeiro passado, a elite da humanidade se reuniu novamente em Davos, na Suíça, para planejar o resto de nossas vidas. Os líderes do Fórum Econômico Mundial (FEM) são moralmente superiores porque se dedicam a destruir sua liberdade de salvar a Terra ou, pelo menos, proteger o habitat das plantas. Sessenta chefes de governo de […]

Leia Mais
Política

Dinamarca será o primeiro país a taxar arroto e pum de bovinos e suínos

O estado da Dinamarca será o primeiro do mundo a colocar imposto sobre o arroto e o pum de bovinos e suínos. A justificativa é a de que o pum e o arroto dos bovinos emitem o segundo gás com efeito estufa mais presente na atmosfera: o metano, que tem a sigla de CH₄. A […]

Leia Mais