Analistas alertam para iminente queda nas ações dos EUA e traçam paralelos com 1929

Queda nas ações dos EUA

Os especialistas do mercado estão soando o alarme sobre a trajetória atual do mercado de ações, chamando a atenção especialmente para a extraordinária recuperação da Nvidia, cuja capitalização de mercado recentemente ultrapassou US$ 3 trilhões. Esse aumento foi amplamente alimentado pelo hype da IA. Em um editorial recente, os autores financeiros Pam Martens e Russ Martens fazem comparações inquietantes com a bolha das empresas pontocom do final da década de 1990, que culminou em uma correção significativa do mercado.

Além disso, os paralelos com 1929 são gritantes, quando o mercado atingiu níveis vertiginosos antes de mergulhar na Grande Depressão. Como hoje, o final da década de 1920 viu investimentos maciços impulsionados pela euforia e não pelos fundamentos – um fervor especulativo que levou a avaliações insustentáveis das ações. O aumento da Nvidia, embora reflita o crescimento genuíno da IA, também corre o risco de se distanciar das realidades econômicas, possivelmente preparando o terreno para uma correção potencialmente acentuada.

Em um debate com a Fox Business News, o economista Harry Dent previu uma queda no mercado de ações mais grave do que a crise de 2008. “Nunca vimos o governo sustentar uma bolha totalmente artificial por uma década e meia e ver o que acontece depois disso”, observou Dent. “Mas posso lhe dizer que não houve nenhuma bolha, e esta é muito maior e mais longa, uma grande bolha na história que não tenha terminado mal, ponto final.” O economista acrescentou:

“Acho que veremos o S&P cair 86% em relação ao topo, e o Nasdaq 92%. Uma ação heroica como a Nvidia, por melhor que seja, e é uma grande empresa, [cai] 98%. Caramba, isso acabou.”

Leia também:

No ano passado, os analistas apontaram vários sinais de alerta que sugerem problemas no futuro. Uma das principais preocupações é a pressão inflacionária e a postura agressiva do Federal Reserve em relação às taxas de juros. Apesar de uma ligeira queda nas taxas de inflação, o Fed projeta cortes mínimos nas taxas, sinalizando um possível aperto de liquidez que poderia provocar uma contração do mercado.

Além da complexidade, há o aumento da volatilidade do mercado de ações, onde as altas avaliações, especialmente no setor de tecnologia, são sustentadas por negociações especulativas e não pelos fundamentos da empresa. Para vários analistas, esse ambiente criou um cenário de “bolha”, em que a menor mudança no sentimento do investidor ou nos indicadores econômicos poderia desencadear uma liquidação, ecoando as rápidas quedas observadas após 2000, 2008 e, possivelmente, até pior do que 1929.

Durante uma entrevista à CNBC, Sam Stovall, estrategista-chefe de investimentos da CFRA Research, discutiu como o mercado de ações possivelmente está prestes a passar por uma grande correção. “Acho que estamos realmente sobrecarregados e temos que ver algumas revisões para cima nas estimativas de lucros, creio eu, para justificar isso”, disse Stovall ao apresentador da CNBC. “Somente a tecnologia está superando o desempenho do mercado. Acho que este é um jato jumbo que está voando com um único motor, e você se pergunta por quanto tempo ele permanecerá no ar”, concluiu o estrategista.

Artigo escrito por Jamie Redman, publicado em News.Bitcoin.com e traduzido por Rodrigo


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Lei sancionada por Lula pode aumentar os custos com autoescola

O presidente Lula sancionou na última quarta-feira, 15, a lei 14.92/24, que estabelece a idade máxima dos veículos destinados à formação de condutores. Tal medida poderá aumentar os custos das autoescolas, já que elas precisarão trocar os veículos utilizados nos cursos de condução com mais frequência. A lei A lei 14.92/24 estabelece a idade máxima […]

Leia Mais
Economia

Isenção do imposto sobre a carne é derrota de Lula, e não sua vitória

Após a inclusão da carne bovina entre os alimentos isentos de impostos ser aprovada no Congresso, Haddad se manifestou afirmando que a decisão seria uma vitória do presidente Lula. No entanto, falas anteriores de Lula sobre tributar carnes nobres mostram que isso não era uma pretensão do petista. Carne isenta de impostos Na última quarta-feira […]

Leia Mais
Economia

Superpopulação: Um Mito Antigo Refutado

O príncipe Philip disse certa vez: “Caso eu reencarne, gostaria de voltar como um vírus mortal, para contribuir de alguma forma para resolver o problema da superpopulação”. O falecido Duque de Edimburgo faleceu em 2021, mas o sentimento histérico que ele expressou sobre a superpopulação continua vivo. Uma pesquisa da YouGov revelou que as preocupações […]

Leia Mais